0

Chapecoense aposta na cautela para superar o Santos na Arena Condá

Gum será avaliado antes da partida; caso não possa atuar, Amaral deve ser titular

31 ago 2019
14h32
atualizado às 14h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Buscando sair da zona de rebaixamento, a Chapecoense aposta em um time mais cauteloso para tentar superar o Santos neste sábado, às 19h, na Arena Condá, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Emerson Cris fez um leve mistério em cima de Gum, que sentiu uma pequena lesão, e vai definir sua escalação apenas minutos antes da bola rolar.

Caso se confirme, a tendência é que entre com três zagueiros. "Temos que esperar até o último momento para definir nossa equipe. Estamos sofrendo sempre com cartões e lesões, por isso, não podemos ter pressa. Vamos montar nosso time em cima de estudos do nosso adversário. O Douglas está lesionado. O Elicarlos está voltando. Rafael Pereira em condições. Gum vai ter uma última avaliação, mas temos vários planos traçados", comentou o treinador.

Se Gum for vetado, Emerson Cris colocará Amaral para formar o meio-campo com Márcio Araújo, Campanharo e Camilo, mas não está descartada a possível entrada de Augusto, que chegou a treinar durante a semana na equipe titular.

A tônica do jogo para a equipe catarinense será a atenção contra o vice-líder do campeonato. "O Santos é bem treinada, estilo de jogo bem ofensivo, uma das principais equipes do Brasil. Tem jogadores técnicos, de muita habilidade. Eles têm feito bons jogos. Mas trabalhamos bastante para fazer uma grande partidas para sair com o resultado positivo. Temos que anular os pontos fortes de nosso rival. Criamos uma estratégia para tentar surpreendê-los", disse Emerson Cris.

A Chapecoense entra na rodada na 17ª colocação, com 14 pontos, um a menos do que o Cruzeiro, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade