PUBLICIDADE

CBF quer que clubes e federações se posicionem sobre paralisação do Brasileiro

Entidade emite ofício cobrando posição de agremiações e entidades a respeito da tragédia climática no sul do país

11 mai 2024 - 17h39
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Rafael Ribeiro / CBF - Legenda: CBF quer que clubes e federações se posicionem sobre paralisação no Brasileirão / Jogada10

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou uma comunicação aos times das séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, bem como às federações estaduais, solicitando uma resposta sobre a possibilidade de suspender a competição devido às tragédias causadas pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul.

A notícia foi divulgada pelo perfil 'Lei em Campo' no 'X', e confirmada pela ESPN. A decisão do presidente da entidade que governa o futebol nacional, Ednaldo Rodrigues, surge após o ministro do Esporte, André Luiz Carvalho Ribeiro, formalizar um pedido à CBF para a suspensão das partidas de futebol.

Presidente da CBF está indeciso

De acordo com informações da ESPN, Ednaldo não está convencido de que a maioria dos clubes votará a favor da paralisação do Campeonato Brasileiro. Por isso, ele aguardará uma decisão da comissão de clubes e do Conselho Técnico da CBF.

A reportagem também apurou que, desde as tragédias no Rio Grande do Sul, nenhum clube brasileiro solicitou oficialmente à CBF a interrupção das atividades futebolísticas no país.

Na última sexta-feira (10), Ednaldo Rodrigues se pronunciou sobre o ofício do Ministério do Esporte e afirmou que a decisão final caberia aos clubes após convocação para um Conselho Técnico. A ESPN também descobriu que internamente, a CBF está preocupada com o possível adiamento das competições devido à falta de datas disponíveis no futuro.

A entidade acredita que os clubes brasileiros ainda terão uma longa jornada nas competições sul-americanas, o que complicaria ainda mais a situação para a CBF, já que a CONMEBOL teria prioridade. Isso poderia até mesmo resultar no Brasileirão 2024 se estendendo até o próximo ano.

Veja abaixo o comunicado

"A CBF quando define uma competição, fazemos reuniões de Conselhos Técnicos de Séries A, B, C e D e também das de base. Se pede uma paralisação, nós vamos dar conhecimento a cada Série desses clubes, para que eles possam se posicionar em relação ao documento do Ministério dos Esportes. A partir daí, se for necessário, reunir o Conselho Técnico para que eles possam deliberar: 'olha, podemos parar toda competição? Sim'.

E as competições internacionais que seguem, como faz? Estão afunilando, faltam duas rodadas para próximas fases de Libertadores e Sul-Americana.

Toda decisão com relação a uma competição, começar, ter, suspender, prorrogar, adiar, tudo isso a CBF discute de forma conjunta com os clubes. O poder da CBF não é supremo e absoluto. É um poder limitado e com base, assim como fizemos em reunião com todos os clubes, faremos também. A partir do momento em que os próprios clubes entendam que precisam deliberar sobre o assunto.

No momento, estamos sintonizados diretamente através dos clubes do Rio Grande do Sul e sua Federação. Aquilo que foi solicitado dos clubes, a CBF atendeu integralmente, que foi o adiamento da competição até o dia 27 de maio. Tudo que acontecer daqui para a frente, teremos que conversar com os clubes e com todas as divisões do futebol."

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade