2 eventos ao vivo

AFA cria regra bizarra para garantir clássicos em novo molde

15 jul 2015
13h26
atualizado às 15h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Em transformação desde o ano passado, o Campeonato Argentino terá novos moldes em 2016. Representantes dos clubes de elite receberam as novidades em uma reunião do Comitê Executivo da Associação de Futebol Argentino (AFA) e descobriram que as mudanças diminuirão as datas do Nacional, que será dividido em dois grupos.

Tevez no Boca Juniors é a mais recente atração do Campeonato Argentino
Tevez no Boca Juniors é a mais recente atração do Campeonato Argentino
Foto: Enrique Garcia Medina / EFE

Os 30 clubes da primeira divisão serão separados em duas chaves por meio de sorteio. As equipes de cada grupo enfrentam-se em turno único e ainda disputam dois clássicos com um rival do grupo oposto. River Plate e Boca Juniors, por exemplo, mesmo em classificações separadas, ainda assim fariam dois Superclássicos durante o torneio.

Jogadas as 16 rodadas, os melhores de cada grupo se enfrentariam em campo neutro na final que definirá o campeão argentino nos últimos dias de maio. O torneio curto, com cerca de 100 dias de duração, serve como transição para que as temporadas voltem a ser disputadas a partir da metade de cada ano.

O rebaixamento seguirá sendo por meio dos "promedios", cálculo que soma as pontuações de cada equipe nos três últimos campeonatos e degola os três que tiverem a pior média. A novidade é que apenas um clube subirá da Primeira B Nacional, o que diminuirá para 28 o número de integrantes na elite argentina.

O torneio curto serve como classificação à Copa Libertadores de 2017. Além do campeão e do vice, os segundos colocados de cada grupo também iriam direto para a fase de grupos. A quinta vaga será do campeão da Copa Argentina 2015/16.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade