0

Botafogo-SP inicia briga pelo título da Série D com vitória

7 nov 2015
21h36
atualizado às 22h31
  • separator
  • 0
  • comentários

O Botafogo-SP levou a melhor na primeira partida da final da Série D do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, a equipe de Ribeirão Preto venceu o River-PI por 3 a 2, com gols do atacante Francis, no tradicional Estádio Santa Cruz e saiu na frente.

Vice-campeão da Série B em 1998 e da Série C em 1996, o Botafogo-SP viaja para a segunda partida com vantagem em busca do inédito título nacional. O segundo e decisivo confronto com o River está marcado para as 19h30 (de Brasília) do próximo sábado, no Estádio Alberto Silva, em Teresina.

Francis fez os três gols do Botafogo-SP na vitória sobre o River-PI
Francis fez os três gols do Botafogo-SP na vitória sobre o River-PI
Foto: Thaigo Kalil/Photopress / Gazeta Press

Independentemente do resultado da final, Botafogo-SP e River-PI, para quem o título nacional também seria inédito, já estão classificados para a Série C do Campeonato Brasileiro em 2016. Assim como Ypiranga-RS e Remo-PA, eliminados nas semifinais.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Botafogo-SP inaugurou o marcador no Estádio Santa Cruz aos 12 minutos da etapa complementar. Com velocidade, Canela superou dois marcadores e cruzou na medida para o companheiro Francis bater o goleiro Naylson.

Empurrado por aproximadamente 10 mil torcedores, o time de Ribeirão Preto ampliou a vantagem aos 25 minutos do segundo tempo. Mirita cobrou falta do campo de defesa do Botafogo-SP, Nunes escorou e o oportunista Francis, de primeira, marcou um belo gol.

Nove minutos antes do final do tempo regulamentar, Célio Codó pegou rebote de chute na trave desferido por Thiago Dias e diminuiu a vantagem do Botafogo-SP. Aos 42, Daniel Borges cruzou da direita, Nunes dividiu com a zaga e Francis aproveitou a indecisão de Naylson para marcar o terceiro.

A torcida local, entusiasmada, chegou a gritar “é campeão” no Estádio Santa Cruz, mas o River-PI descontou aos 43 minutos, quando Amorim cobrou falta na área, ninguém desviou e Neneca colocou para o fundo do próprio gol. Suspenso pelo terceiro amarelo, o artilheiro Francis está fora do jogo decisivo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade