PUBLICIDADE

Atlético-GO vence a Chapecoense com gol no fim e cola no G4 da Série B do Brasileiro

2 mai 2023 - 23h36
Compartilhar
Exibir comentários

Na noite desta terça-feira, Atlético-GO e Chapecoense se enfrentaram pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO). Com gols de Gustavo Coutinho (de pênalti) e Rodrigo Soares, o Dragão venceu por 2 a 1. Gabriel Xavier anotou o tento visitante.

Foto: Ingryd Oliveira/Atlético-GO / Gazeta Esportiva

Assim, os donos da casa, mesmo com técnico interino, seguem invictos na competição, chegando aos oito pontos. Dessa forma, saltam da sétima para a quinta colocação, um tento atrás do Botafogo-SP - primeiro time dentro do G4.

Por outro lado, a Chape amarga o segundo compromisso seguido sem vitória - um empate e uma derrota. Com isso, a a equipe permanece na oitava posição, com quatro pontos somados.

Na próxima rodada, portanto, o Atlético-GO recebe o Londrina, às 20 horas (de Brasília) de segunda-feira (8), novamente no estádio Antônio Accioly. Por sua vez, a Chapecoense encara o Novorizontino, no sábado, a partir das 20h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

O jogo entre Atlético-GO e Chapecoense

Buscando manter a invencibilidade na competição, o Atlético-GO, mesmo em momento conturbado após a demissão do técnico Mozart na última segunda-feira, foi ao ataque e abriu o placar aos 18 minutos de partida. Rhaldney invadiu a área e caiu pedindo pênalti. Após revisão no VAR, o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Gustavo Coutinho deslocou o goleiro Airton e fez o primeiro.

Aos 26, Shalyon cobrou falta na área e Lucas Gazal subiu na área da Chapecoense para cabecear para o gol, mas parou em grande defesa de Airton. Os visitantes responderam com Dudu Vieira, em chute forte de dentro da área, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Na volta do intervalo, a Chape até chegou ao empate com Bruno Nazário, aos nove minutos. O meio-campista cabeceou para anotar a igualdade, mas o tento foi anulado por um impedimento no início da jogada. No entanto, aos 21, a equipe verde enfim conseguiu marcar. Murilo e Dudu Vieira fizeram a jogada de contra-ataque e a bola sobrou para Gabriel Xavier deixar tudo igual em Goiânia.

Dez minutos depois, Danrlei subiu na área do Atlético-GO e quase virou a partida para o time catarinense. No entanto, a bola subiu e saiu por cima do travessão. Aos 32, Igor Torres ficou com a bola na segunda trave, após cruzamento na área, mas chutou para fora.

Por fim, aos 43 minutos da etapa complementar, Matheus Régis cruzou da esquerda, o goleiro Airton tentou fazer o corte, mas deixou a bola para Rodrigo Soares, que cabeceou para o fundo da rede e dar números finais ao confronto.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade