3 eventos ao vivo

Coritiba sai vencendo Goiás, leva virada e empata duelo de 6 gols nos acréscimos

9 set 2020
20h25
atualizado às 20h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em jogo de seis gols e duas expulsões, o Goiás recebeu o Coritiba e empatou por 3 a 3, em duelo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após o Coxa abrir boa vantagem, os goianos conseguiram reação inesperada, viraram o placar, mas sofreram gol no último minuto para selar o empate.

Robson e William Matheus abriram o placar para o Coxa. No fim da primeira etapa, Rafael Moura descontou e recebeu a falta que gerou a expulsão de Rodolfo Filemon.

Jogando com um homem a mais desde o início do segundo tempo, o Esmeraldino chegou à virada com Jara e gol contra de Sabino. Já nos acréscimos, o Coritiba teve um pênalti e Sabino cobrou para se redimir. 3 a 3.

O empate mantém o Goiás na lanterna da tabela com apenas cinco pontos somados. Já o Coritiba chegou a oito pontos e saiu provisoriamente da zona de rebaixamento. A equipe paranaense tem a mesma pontuação que o Grêmio, mas tem vantagem no número de vitórias.

O jogo

Logo aos 12 minutos, William Matheus escapou pela esquerda com espaço, cruzou na segunda trave para Sassá, que ajeitou para Robson completar para o fundo das redes. 1 a 0 Coxa. A defesa do Goiás fez lambança aos 36 minutos e cedeu o segundo gol. Edílson tentou recuo de peito para Tadeu, o goleiro saiu pressionado e tentou afastar, mas a bola bateu em William Matheus e entrou. 2 a 0.

Quando o cenário parecia tranquilo para os visitantes, o próprio William Matheus colocou mão na bola dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Rafael Moura foi para a cobrança e descontou para o time da casa.

Dois minutos depois do gol, o zagueiro do Coxa Rodolfo Filemon fez falta feia no camisa 9 do Goiás e recebeu cartão vermelho. Com um jogador a menos, o Coritiba não suportou a pressão no segundo tempo e levou a virada.

Aos 35 minutos, Keko cruzou para Jara deixar tudo igual. Dois minutos depois, Keko escapou pela direita e cruzou rasteiro dentro da área. O zagueiro Sabino tentou cortar, mas acabou jogando contra o próprio gol. 3 a 2 Goiás.

Já nos acréscimos, os paranaenses foram para o tudo ou nada no ataque. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Rafael Vaz tirou com o braço. Pênalti e cartão vermelho. Na cobrança, Sabino se redimiu de erro na defesa e sacramentou o empate.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 3X3 CORITIBA

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)

Data: 9 de setembro de 2020, quarta-feira

Horário: 18h (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Jean Marcio dos Santos (RN)

VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Cartões Amarelos: Edílson, Miguel Figueira, Mike e Victor Andrade (Goiás); Hugo Moura e Matheus Bueno (Coritiba)

Cartões Vermelhos: Rafael Vaz (Goiás); Rodolfo Filemon (Coritiba)

GOLS

GOIÁS: Rafael Moura, aos 42 minutos do 1º tempo; Jara, aos 35 minutos do 2º tempo; Sabino (contra), aos 37 minutos do 2º tempo

CORITIBA: Robson, aos 12 minutos do 1º tempo; William Matheus, aos 36 minutos do 1º tempo; Sabino, aos 49 minutos do 2º tempo

GOIÁS: Tadeu; Edílson (Pintado), David Duarte, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto, Breno (Bruno Figueira) e Daniel Bessa (Jara); Vinicius (Keko), Mike (Victor Andrade) e Rafael Moura.

Técnico: Thiago Larghi.

CORITIBA: Wilson, Jonathan, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura (Luiz Henrique), Matheus Sales (Matheus Galdezani) e Matheus Bueno (Rodolpho); Igor Jesus, Robson (Giovanni Augusto) e Sassá (Natanael).

Técnico: Jorginho

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade