PUBLICIDADE

Com show de Jadson, Athletico-PR vence Juventude e segue 100% no Brasileirão

6 jun 2021 20h23
| atualizado às 20h23
ver comentários
Publicidade

Neste domingo, o Athletico-PR foi até Caxias do Sul para tentar manter o 100% no Brasileirão, e conseguiu! O Furacão bateu o Juventude por 3 a 0, no Alfredo Jaconi, e soma duas vitórias na competição. Destaque para Jadson, autor de um doblete.

Marcado pela forte neblina em Caxias do Sul, o primeiro tempo ofereceu poucas emoções para os dois lados do campo. A primeira finalização com algum perigo aconteceu somente aos 15 minutos de jogo, quando Carlos Eduardo bateu cruzado.

Peixoto respondeu para o Juventude, aos 27, mas também sem sucesso. Com um alto número de faltas, o jogo pouco andou e as equipes foram para o vestiário com o marcador zerado.

O cenário mudou rapidamente na segunda etapa a partir de um nome, Jadson! Com um minuto de bola rolando, Marcinho foi acionado na direita e cruzou para o meia aparecer como elemento surpresa e abrir o placar no Alfredo Jaconi.

Três minutos mais tarde, Matheus Babi rolou para Carlos Eduardo - o atacante enganou a marcação e deixou para Jadson receber e mandar para o fundo da rede mais uma vez.

Atrás no placar, o Juventude não teve força de reação e viu o Furacão segurar a vitória. Antes mesmo do apito final, Nikão foi oportunista e aproveitou a sobra na grande área para matar o confronto sulista.

A vitória deixa o Athletico-PR na segunda posição, com seis pontos. O Juve é 14ª na tabela, com um ponto conquistado na rodada de estreia.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 0 X 3 ATHLETICO-PR

Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Data: 04 de junho de 2021, domingo

Horário: 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Leonardo Henrique Pereira

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira

Cartões amarelos: António Oliveira, Alvarado, Matheus Babi (CAP)

GOLS:

ATHLETICO-PR: Jadson (01'2T e 04'2T) Nikão (43'2T)

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, Forster (Cleberson) e Alyson; João Paulo (Matheus Jesus), Castilho, Wescley e Chico; Capixaba (Marcos Vinicios) e Matheus Peixoto (Fernando Pacheco).

Técnico: Marquinhos Santos

ATHLETICO-PR: Santos; Marcinho, Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Nicolas; Alvarado (Richard), Léo Cittadini, Fernando Canesin (Nikão) e Jadson (Terans); Carlos Eduardo (Vitinho) e Matheus Babi (Renato Kayzer).

Técnico: António Oliveira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade