1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Bayern aproveita expulsão e goleia Besiktas na Champions

20 fev 2018
18h42
atualizado às 18h48
  • separator
  • comentários

O Bayern demorou para furar a defesa do Besiktas após o time turco ficar com um a menos na partida, mas conseguiu sair com a vitória contundente na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando em seus domínios, na Allianz Arena, o clube alemão goleou os turcos pelo placar de 5 a 0, nesta terça-feira, e se colocou em boa posição para alcançar a classificação no jogo de volta. Os gols foram marcados por Muller (duas vezes), Coman e Lewandowski (duas vezes).

Foto: Reuters

Antes da partida, os alemães visavam defender uma marca impressionante em seus domínios: das últimas 15 partidas em seu estádio, os bávaros haviam vencido catorze, com somente um empate na trajetória. Pelo lado do Besiktas, o fato de ter sido o primeiro clube turco a vencer seu grupo em uma edição de Champions na história poderia aumentar a moral dos comandados de Senol Gunes para o confronto.

O duelo de volta entre as duas equipes está marcado para o dia 14 de março, uma quarta-feira, às 14h00 (horário de Brasília), na Turquia. A equipe do Bayern jogará com o regulamento embaixo do braço, devido ao resultado obtido nesta terça-feira.

O jogo - A partida viu, em seus primeiros dez minutos, o cenário que a maioria dos torcedores de futebol imaginava. A equipe de Jupp Heynckes pressionava o time turco em seu campo de defesa, tendo chances para marcar o primeiro gol. A principal oportunidade veio em cabeçada de Vidal, após cobrança de falta de Kimmich, mas a bola foi para fora. O Besiktas até tentou a resposta, mas a falta próxima da área de Talisca ficou na barreira.

Cinco minutos depois, a situação ficou pior para o Besiktas. Hutchinson cometeu erro na construção da jogada e recuou mal para a zaga. Lewandowski aproveitou o vacilo e carregou a bola até a meia-lua, apenas para sofrer carrinho de Vida e ser derrubado pelo último homem. O árbitro da partida expulsou o defensor dos visitantes, que ficaram com um a menos logo no início do duelo. Na cobrança, James Rodríguez quase abriu o placar.

Após uma finalização perigosa do ex-atacante do Corinthians, Vágner Love, o Bayern retomou as rédeas do confronto. Na marca dos 25 minutos da etapa inicial, os números de posse de bola anotavam 70% para os mandantes e 30% para o Besiktas.

Aos 29 minutos, o goleiro Fabri fez uma defesa incrível, que impediu a abertura do placar. Depois de levantamento na área de Alaba, Hummels cabeceou firme, em direção ao gol. Em pura demonstração de reflexo, o arqueiro da equipe turca fez a defesa à queima-roupa e evitou o tento alemão.

No restante do primeiro tempo, a pressão do Bayern não parou, com o jogo praticamente virando um treinamento de ataque contra defesa. Entretanto, na reta final do período, o Besiktas passou a ser mais contundente nos contra-ataques, e até teve uma boa chance em jogada individual de Quaresma, mas não conseguiu balançar as redes de Ulreich. Aos 42, quem marcou foi o Bayern: após jogada lateral de Coman, Alaba desviou na bola e Muller aproveitou, dentro da pequena área, marcando ao seu estilo, dando só um ligeiro toque e inaugurando o marcador. O tento do Bayern enfim havia saído, já na reta final da etapa.

O segundo período de jogo começou de maneira agitada. Logo aos três minutos, Lewandowski foi puxado por Adriano e, em uma decisão controversa, o juiz Ovidiu Haţegan assinalou falta praticamente em cima da linha da grande área. Na batida, o atacante polonês encheu o pé e acertou a trave do goleiro Fabri, quase aumentando a vantagem bávara no duelo.

Pouco depois, o centroavante seria o garçom do segundo tento do Bayern. Após jogada e tabela de Muller, Lewandowski encontrou Coman em velocidade, se aproximando da área. O francês não desperdiçou o passe na medida e chegou batendo, fazendo o 2 a 0.

Aos 20 minutos, Muller novamente balançou as redes. Robben iniciou a jogada e encontrou Kimmich na lateral direita. O jogador levantou para a área e o alemão pegou de bico, perto da pequena área, anotando o terceiro tento dos comandados de Jupp Heynckes na partida.

Já perto dos momentos finais do confronto, foi a vez de Lewandowski fazer o dele e praticamente assegurar o Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões. Depois da arrancada e chute firme de Hummels, o polonês não desperdiçou o rebote de Fabri e selou o caixão no confronto. Aos 43, ainda sobrou tempo para o atacante marcar mais um, depois de jogada iniciada por Robben e cruzamento realizado por Muller: 5 a 0.

FICHA TÉCNICA

BAYERN DE MUNIQUE 5 X 0 BESIKTAS

Local: Allianz Arena, em Munique (ALE)

Data: 20 de fevereiro de 2018, terça-feira

Horário: 16h45 (de Brasília)

Árbitro: Ovidiu Haţegan (Romênia)

Assistentes: Octavian Șovre (Romênia) e Sebastian Gheorghe (Romênia)

Cartões amarelos: Lewandowski (Bayern de Munique); Quaresma, Pepe e Tošić (Besiktas)

Cartão vermelho: Vida (Besiktas)

Gol: Muller, aos 42 minutos do 1ºT e aos 20 minutos do 2ºT, Coman, aos seis minutos do 2ºT e Lewandowski, aos 33 e 43 minutos do 2ºT (Bayern de Munique)

Bayern de Munique: Ulreich; Kimmich, Boateng, Hummels e Alaba; Martinez, Vidal (Tolisso) e James Rodriguez (Robben); Coman (Ribery), Muller e Lewandowski

Técnico: Jupp Heynckes

Besiktas: Fabri; Adriano, Pepe, Vida e Erkin (Gonul); Hutchinson, Medel (Arslan) e Anderson Talisca; Quaresma, Babel e Vágner Love (Tošić)

Técnico: Senol Gunes

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade