PUBLICIDADE

Da Seleção Fifa 2017, Copa só tem Neymar, Marcelo e Modric

Outros ficaram pelo caminho, como Messi e Cristiano Ronaldo, ou nem vieram para a Rússia, como é o caso dos italianos Buffon e Bonucci

2 jul 2018 15h47
| atualizado às 15h47
ver comentários
Publicidade

Com a vitória do Brasil sobre o México por 2 a 0, nesta segunda-feira (2), na cidade de Samara, Neymar e Marcelo se juntaram a Modric como os únicos da seleção da Fifa de 2017 que continuam na Copa do Mundo. Os outros ficaram pelo caminho, como Messi e Cristiano Ronaldo, e alguns nem vieram para a Rússia, como é o caso dos italianos Buffon e Bonucci.

Neymar é observado por Modric em amistoso pouco antes do início da Copa do Mundo
Neymar é observado por Modric em amistoso pouco antes do início da Copa do Mundo
Foto: Action Images / Reuters

A seleção da Fifa, escolhida no final do ano, contemplou ainda outro brasileiro, Daniel Alves, que não foi convocado pelo técnico Tite por causa de uma lesão muscular.

Na lista dos 11 jogadores que se destacaram na temporada passada, eleitos pela federação internacional, também estão os espanhóis Sérgio Ramos e Iniesta, eliminados pela anfitriã Rússia, e o alemão Toni Kroos, que viu seu time se despedir do Mundial numa derrota para a Coreia do Sul.

Messi caiu com a Argentina diante da França e Cristiano Ronaldo não conseguiu levar Portugal às quartas em decisão de vaga com o Uruguai.

Por pouco, a seleção da Fifa só estaria representada hoje por brasileiros. Modríc, da Croácia, perdeu pênalti durante a prorrogação em confronto com a Dinamarca, mas, depois, se reabilitou nas cobranças decisivas e ajudou na classificação croata.

Fonte: Silvio Alves Barsetti
Publicidade
Publicidade