PUBLICIDADE
Logo do Cuiabá

Cuiabá

Favoritar Time

Cuiabá quebra recorde de pontuação e gols marcados no Brasileirão 2023; confira os destaques positivos e negativos

Dourado encerra temporada de 2023 com novo recorde de pontuação e gols marcados.

8 dez 2023 - 21h02
(atualizado às 21h49)
Compartilhar
Exibir comentários
Cuiabá
Cuiabá
Foto: AssCom Dourado / Esporte News Mundo

Nesta quarta-feira (06), o Cuiabá disputou sua última partida no Campeonato Brasileiro de 2023. Na rodada de encerramento, o Dourado venceu o Athletico por 3 a 0, com gols de Clayson (2) e Derik Lacerda. Com o triunfo, a equipe Mato-Grossense ampliou sua pontuação e número de gols marcados em uma edição de Brasileirão. Dessa forma, as estatísticas Auriverdes de 2023 assinalam a melhor campanha do clube na competição nacional.

Após o acesso em 2021, o clube Mato-Grossense emplaca a 3° temporada consecutiva na elite do futebol brasileiro. Anteriormente, o recorde de pontos do Cuiabá foi marcado no primeiro ano na Série A. O Dourado conquistou a 15° colocação, com 47 pontos, 34 gols marcados e 37 sofridos. Na ocasião, os Auriverdes desempenharam a nona melhor campanha como visitantes do Brasileirão 2021.

No ano de 2023, os Auriverdes superaram a pontuação já na 35° rodada, quando empataram com o São Paulo em 0 a 0 e encerra a temporada com 51 pontos. Além disso, o Cuiabá balançou as redes 40 vezes na competição nacional e deteve a segunda melhor campanha fora de casa, conquistando 27 pontos longe do Mato Grosso.

O Dourado também apresentou uma arrancada histórica no torneio, com seis rodadas invicto, sendo 5 vitórias e 1 empate. Os resultados foram os triunfos contra Santos (3 a 0), Fortaleza (1 a 0), São Paulo (2 a 1), Internacional (2 a 1) e Flamengo (3 a 0). A igualdade foi assinalada no duelo com o Bahia, quando empatou em 1 a 1.

+ Para ficar por dentro de tudo que acontece no Campeonato Brasileiro Série A, siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter, e Facebook.

DESTAQUES POSITIVOS

O primeiro destaque do Dourado fica por conta de Deyverson. O atacante Auriverde foi o artilheiro do clube Mato-Grossense na Série A com 12 gols marcados. Ainda, o camisa 16 dobrou o número de gols feitos quando comparado ao ano passado (2022). O goleador do Dourado também figura na 5° posição da artilharia do Brasileirão, empatado com Vitor Roque (Athletico) e Robson (Coritiba).

Clayson, dupla dinâmica de Deyverson, também desempenhou uma temporada de alto nível com a camisa Auriverde. O ponteiro foi o vice-artilheiro da equipe com 7 gols. Além disso, o atleta do Dourado foi o grande responsável pelas transições rápidas entre a defesa e o ataque do Cuiabá.

Na porção central do campo, Raniele também foi um dos grandes responsáveis pelo ano histórico dos Auriverdes na Série A. O meio-campista disputou 35 dos 38 jogos do torneio nacional e mostrou o motivo de sua contratação para a equipe Mato-Grossense. Segundo o Sofascore, o camisa 14 aparece 4 vezes no top3 de estatísticas do Dourado, sendo elas: Finalizações por jogo (2° posição - 1.5); desarmes por jogo (2° colocação - 2.1); interceptações por jogo (3° posição - 1.1); cortes por jogo (3° colocação - 2.7)

Em sua primeira temporada no clube Mato-Grossense, Fernando Sobral desfilou na porção central dos Auriverdes. Apesar da perca de titularidade ao final do Campeonato Brasileiro, o camisa 88 do Dourado aparece como um grande destaque positivo. O atleta do Cuiabá utilizou de sua força e capacidade de desarmes para apresentar uma média de 2.1 roubadas de bola por jogo, juntamente à Raniele, Sobral compõe a segunda maior porcentagem da estatística. Dados do Sofascore.

O goleiro Walter também foi outra peça fundamental para o Dourado neste Brasileirão. O arqueiro foi o responsável por dar segurança à sua equipe. Ainda, o camisa 1 do Cuiabá apresenta a melhor média de notas do clube Mato-Grossense (7,02), segundo o Sofascore. O goleiro também foi o detentor de uma atuação histórica contra o Botafogo. Na ocasião, Walter defendeu 9 vezes, sendo 5 de finalizações dentro da área, e foi o encarregado da vitória Auriverde na partida.

A joia do Dourado, Rikelme, é outro jogador que merece o título de destaque positivo. O lateral esquerdo do Cuiabá assegurou a titularidade da posição durante 71% do Campeonato Brasileiro. O camisa 20 da equipe Mato-Grossense também aparece com a melhor média de interceptações por jogo (1.3). Rikelme também recebeu a honra da convocação para os Jogos Pan-Americanos, porém, devido à reta final do Campeonato Brasileiro, o clube não liberou o atleta.

DESTAQUE NEGATIVO

A negativa do Cuiabá em 2023 foi Ivo Vieira. O treinador português deixou o clube Mato-Grossense na 5° rodada do Campeonato Brasileiro, após uma derrota por 4 a 0 para o Atlético Mineiro. Ivo encerrou sua participação no Brasileirão de 2023 com 3 derrotas, 1 empate e 1 triunfo.

DESPEDIDAS

O duelo contra o Athletico também marcou a despedida de dois jogadores Auriverdes, Uendel (aposentadoria) e João Carlos (término de contrato).

O lateral esquerdo encerra sua passagem e carreira após três anos em Mato Grosso. Ao longo das três temporadas, Uendel acumulou 84 jogos, 1 gol e 5 assistências. O camisa 6 do Cuiabá também conquistou três Campeonatos Estaduais e disputou todas as permanências do clube na Série A.

João Carlos assumirá novos desafios na carreira depois de quatro temporadas abaixo das barras Auriverdes. Durante os quatro anos, o camisa 21 possui 74 partidas, 79 gols sofridos e 6.515 minutos disputados, sendo sua maioria na Série B de 2020. A passagem vitoriosa do goleiro também conta com três títulos do Campeonato Mato-Grossense e o acesso inédito para a Série A do Brasileirão.

Jogadores, comissão técnica e membros do Cuiabá prestam homenagem à Uendel ao fim do jogo contra o Athletico.
Jogadores, comissão técnica e membros do Cuiabá prestam homenagem à Uendel ao fim do jogo contra o Athletico.
Foto: AssCom Dourado / Esporte News Mundo
Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade