PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Organizada do Corinthians pede 'expulsão imediata' de Danilo Avelar após caso de racismo

Gaviões de Fiel se manifestou na tarde desta quarta-feira por meio de seu perfil no Twitter. Jogador já assumiu o erro, mas clube ainda não se manifestou sobre alguma posição

23 jun 2021 14h44
| atualizado às 14h52
ver comentários
Publicidade

Esta segunda-feira tem sido agitada para o Corinthians devido ao caso de racismo envolvendo Danilo Avelar, que assumiu o erro durante um jogo online. Agora foi a vez da maior organizada do clube se posicionar e pedir a "expulsão imediata" do jogador. O clube ainda não se manifestou sobre punição.

Danilo Avelar fez um comentário racista durante jogo online (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Danilo Avelar fez um comentário racista durante jogo online (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

O caso tomou maiores proporções nesta madrugada, quando Avelar foi acusado de um comentário racista enquanto jogava uma partida de Counter-Strike: Global Offensive. O perfil (D.A35), que pertence ao zagueiro, disse: "Fih (filho) de uma rapariga preta", fala que foi printada e espalhado nas redes.

Depois de Danilo pedir desculpas, assumir o erro e a autoria do comentário nesta manhã, a Gaviões da Fiel utilizou seu perfil no Twtiter para repudiar o caso e solicitou que o jogador seja imediatamente expulso do clube.

Confira o que diz a nota publicada pela torcida:

"BASTA!

O time do povo, o time de todos.

Não há paciência, e muito menos compreensão para qualquer ato de racismo.

Os Gaviões da Fiel vêm, publicamente, pedir a expulsão imediata do jogador Danilo Avelar"

Após o caso se espalhar nas redes sociais, o perfil de Danilo Avelar ficou trancado e teve suas informações públicas alteradas. No entanto, o atleta não explicou esse fato em sua nota oficial. Durante a madrugada, respondendo a comentários, o zagueiro prometeu que veria o que estava acontecendo.

Até o momento, o Corinthians não se pronunciou sobre possíveis punições, mas diz seguir apurando o caso com a cautela e a seriedade que ele precisa.

Lance!
Publicidade
Publicidade