PUBLICIDADE

Brasil brilha em, pelo menos, 8 modalidades no Pan-Americano

Atletas do país estão sendo os destaques no judô e beisebol; no boxe, na natação, na ginástica e no vôlei, muitas medalhas

28 out 2023 - 13h03
(atualizado às 13h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Ana Patrícia e Duda comemoram a conquista da medalha de ouro no vôlei de praia no Pan-Americano de Santiago
Ana Patrícia e Duda comemoram a conquista da medalha de ouro no vôlei de praia no Pan-Americano de Santiago
Foto: Alexandre Loureiro/COB / Esporte News Mundo

Nos primeiros dias dos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, o Brasil foi sensacional no Skate. Acompanhe nossas e nossos atletas em outras modalidades na competição. 

Boxe – O Brasil conseguiu nove vagas olímpicas. Medalhista de prata na edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021, Bia Ferreira conquistou o ouro (60 kg) em Santiago. No dia 28, foram nove medalhas.

Ouro: Bia Ferreira (60 kg), Bárbara Santos (66 kg), Carol Almeida (50 kg) e Jucielen Romeu (57 kg)

Prata: Abner Teixeira (perdeu por WO, pois está lesionado na categoria 92 kg), Michael Douglas (perdeu por WO, pois está lesionado na categoria 51 kg), Keno Marley, Tati Chagas (54 kg) e Wanderley Pereira (80 kg).

Judô – Das 19 brasileiras da modalidade escolhidas para representar o Brasil em Santiago, no Chile, a carioca Rafaela Silva (57 kg), a sul-mato-grossense Alexia Nascimento (48 kg) e a paulista Larissa Pimenta (52 kg) estão nas finais da modalidade. 

Vôlei – No vôlei de praia, as duplas Ana Patrícia-Duda e André/George conquistaram o ouro. Na quadra, no feminino, o Brasil perdeu a decisão para a República Dominicana.

Ginástica Artística – O Brasil conseguiu várias dobradinhas. Rebeca Andrade é a menina dourada, mas, na trave, não estava sozinha e teve a companhia da amiga Flávia Saraiva, medalha de prata, na trave. No masculino, Arthur Nory (ouro) e Bernardo Miranda (prata) conseguiram outra dobradinha na barra fixa.

Beisebol – O Brasil vai para a final contra a Colômbia, adversário derrotado pela própria seleção brasileira na primeira fase.

Surfe – Tatiana Weston-Webb estará na final da modalidade na segunda-feira às 13h30.

Natação – Nossas nadadoras e nadadores conseguiram 25 medalhas, sendo sete ouros, sete pratas e 11 bronzes. Guilherme Costa, o Cachorrão, com quatro ouros conquistados, Guilherme Caribé e Gabrielle Roncatto foram os destaques.

Futebol – A seleção masculina comandada pelo técnico Ramon mostrou péssimo futebol na vitória por 1 a 0 sobre os EUA. Melhorou um pouco contra a Colômbia e conseguiu novo triunfo, dessa vez, por 2 a 0. Guilherme Biro, revelação do Corinthians, vem sendo o destaque. Repito: é uma equipe que não dá show, não chega nem perto disso, até porque é recheada de promessas que tentam mostrar algum potencial nos times reservas profissionais dos clubes brasileiros.

Abraços boleiros, pan-americanos e igualitários. 

Fonte: PV Ferreira PV Ferreira é editor e jornalista esportivo com experiência em coberturas do futebol brasileiro, sul-americano e europeu, além das modalidades olímpicas e paralímpicas. As visões do colunista não representam a visão do Terra.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade