0

"Uma jogada normal", diz colombiano que tirou Neymar da Copa

4 jul 2014
20h47
atualizado às 23h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Zuñiga agrediu atacante brasileiro aos 41min do segundo tempo</p>
Zuñiga agrediu atacante brasileiro aos 41min do segundo tempo
Foto: _Fabrizio Bensch / Reuters

Camilo Zuñiga foi o autor da entrada que fraturou a terceira vértebra do atacante Neymar durante a partida entre Brasil e Colômbia, realizada nesta sexta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza. Entrevistado na zona mista do estádio cearense, o lateral direito minimizou a jogada e disse desejar que nada grave aconteça com o brasileiro, mesmo sabendo que o camisa 10 da Seleção já está fora da Copa do Mundo.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Foi uma jogada normal. Não tive a intenção de fazê-lo mal. Nunca tive a intenção de lesionar um jogador. Era uma partida que queríamos marcar, estava um pouco nervoso. Brasil estava entrando forte. Esperamos que não seja nada grave", declarou o defensor colombiano em entrevista à ESPN Brasil.

Neymar foi atingido por Zuñiga na reta final do segundo tempo, levando uma joelhada na coluna enquanto protegia a bola na retaguarda brasileira. Para se defender, o lateral direito - que sequer foi punido com o cartão amarelo pelo árbitro espanho Carlos Velasco - se limitou a dizer que foi um lance de jogo normal em um confronto entre duas seleções.

"Uma jogada, cada um defendendo sua camisa. Estou defedendo minha camisa, meu país. Para mim foi algo normal. Infelizmente aconteceu isso. Espero que com a ajuda de Deus não seja nada grave", se defendeu o lateral direito.

Zuñiga sofreu na marcação durante a partida, não conseguindo conter Marcelo e Hulk, jogadores posicionados pela esquerda do ataque da Seleção Brasileira. Neymar deixa sua primeira Copa do Mundo com quatro gols marcados e uma assistência.

Veja também:

Editor do L! analisa duelo quente nos bastidores antes da decisão da Taça Rio
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade