PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

'A campanha nos permite abrir o leque de oportunidades', diz Tite sobre novidade na Seleção

Comandante canarinho valoriza espaço para testar Guilherme Arana na lateral diante da Venezuela quinta-feira (7) e destaca Fabinho, substituto de Casemiro

6 out 2021 15h43
ver comentários
Publicidade

O técnico Tite ratificou que a equipe escalada nos últimos dois treinos será a titular da Seleção Brasileira diante da Venezuela, em jogo pela décima-primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo nesta quinta-feira (7). Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o comandante falou o que pesou para fazer mudança especialmente na lateral esquerda.

Tite vê contraste em relação à Copa de 2018: 'Tínhamos de fortalecer e classificar a equipe' (Reprodução / CBF)
Tite vê contraste em relação à Copa de 2018: 'Tínhamos de fortalecer e classificar a equipe' (Reprodução / CBF)
Foto: Lance!

- Oportunidades são importantes. Momento do atleta é importante. A campanha nos permite abrir mais o leque de oportunidades. Coisa que na campanha de 2018 não foi possível, pois tínhamos de fortalecer e classificar a equipe. Agora a própria campanha nos permite oportunizar atletas. É o caso do Arana - disse.

O goleiro Alisson também ganhará espaço. Já Fabinho ocupará a vaga de Casemiro, que foi cortado devido a um problema dentário.

- São dois jogadores posicionais (Casemiro e Fabinho). Executam funções parecidas em seus clubes. Fazem a bola rolar com muita qualidade - declarou.

O auxiliar César Sampaio mostrou-se otimista com a chance de ter Fabinho como titular.

- São referências mundiais. Pela performance e camisas de expressão que vestem. Casemiro está impossibilitado, infelizmente. Na Copa América não pudemos utilizar o Fabinho. Estamos bem seguros. É um setor que temos duas grandes referências. O Fabinho pode atender as exigências nos próximos três jogos - declarou.

O Brasil vai a campo com: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fabinho, Gerson, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá; Gabigol e Gabriel Jesus.

Lance!
Publicidade
Publicidade