PUBLICIDADE

Playoffs NBB: Corinthians (6º) x (11º) Pato Basquete

Equipes surpreenderam na primeira fase, mas Corinthians entra como franco favorito para duelo contra o Pato Basquete

20 abr 2021 18h14
ver comentários
Publicidade

Confrontos na temporada: Corinthians 2 x 0 Pato Basquete

Lucas Cauê - Corinthians x Pato
Lucas Cauê - Corinthians x Pato
Foto: Foto: Beto Miller / Jumper Brasil

04/01 - Pato Basquete 75 x 80 Corinthians

14/03 - Corinthians 91 x 82 Pato Basquete

22/04: Pato Basquete x Corinthians - 20h - com transmissão da ESPN

24/04: Corinthians x Pato Basquete - 16h - com transmissão da TV Cultura

26/04: Corinthians x Pato Basquete - Horário a ser definido *

* Se necessário

Horários de Brasília

Mariana Sá/LNB

Se alguma equipe superou as expectativas neste NBB, essa equipe foi o Corinthians. O alvinegro por muito pouco não deixou de disputar a competição e começou a montagem de seu elenco muito após a maioria dos participantes. Apesar disso, o Timão terminou a temporada na 6ª colocação e mostrou potencial para dificultar a vida dos favoritos.

Com um elenco equilibrado e Demétrius Ferracciú, um técnico com pedigree de campeão, o Corinthians fez ótima campanha e teve o 5º melhor ataque a 6ª melhor defesa do NBB. Não fossem as duas derrotas por W.O. por conta de casos de Covid-19 no elenco, o alvinegro poderia ter brigado por uma folga na primeira rodada dos playoffs.

Kyle "Zoom" Fuller e Ricardo Fischer (únicos remanescentes de 2020) chamaram a responsabilidade e lideraram o Timão. Eles contaram com a ajuda de Malcolm Miller, Lucas Siewert, Gegê para dar uma nova cara ao basquete alvinegro. Com essa mescla de talentos, o Corinthians entra como favorito frente ao Pato Basquete e já projeta uma série intensa contra o São Paulo nas quartas de final.

Foto: Reprodução/NBB

O Pato Basquete amargou a lanterna do NBB em sua estreia no NBB. Um ano depois, a evolução da equipe é impressionante. A equipe paranaense terminou a primeira fase com 12 vitórias, incluindo triunfos sobre São Paulo e Bauru, times do topo da tabela.

Com 15.6 pontos por partida, o norte-americano foi novamente o grande destaque da equipe pato-branquense. Mas o time do técnico André Barbosa mostrou ter outras peças capazes de decidir partidas, como Matheusinho. O armador é uma das sensações da temporada do NBB e vem provando a cada dia que merece seu espaço no basquete brasileiro.

Apesar disso, o Pato vai precisar se superar para seguir na competição. A equipe teve o segundo pior ataque e a quarta pior defesa da primeira fase e terá pela frente um adversário que figura na parte de cima nos dois quesitos.

O Corinthians entra como franco favorito na série contra o Pato Basquete. O alvinegro não só obteve a sexta melhor classificação da primeira fase, como figurou entre os melhores ataques e as melhores defesas da competição. Nos confrontos entre as equipes na temporada regular foram duas vitórias até certo ponto tranquilas para o Timão, que viu o norte-americano Kyle Fuller brilhar em ambos os jogos.

"Zoom", por sinal foi o terceiro maior cestinha da temporada do NBB, sendo um dos jogadores mais efetivos nos arremessos de três pontos e conseguindo lances livres para sua equipe. Empolgado após retomar o bom basquete, Fuller será peça chave na série. Além dele o Corinthians contará com a eficiência de Ricardo Fischer para armar o jogo alvinegro e distribuir os arremessos para o perímetro e garrafão. Lá dentro, Lucas Cauê pode dificultar a vida dos marcadores com sua explosão atlética. Lucas Siewert, Renato e Arthur também serão importantes, tanto na briga pelos rebotes, como espaçando a quadra para as infiltrações de Malcolm Miller e Pedro Nunes.

Além de enfrentar um elenco superior do Corinthians, o Pato Basquete vai precisar superar alguns problemas demonstrados durante a primeira fase do NBB para tentar a zebra na série. A equipe paranaense teve o segundo pior ataque da competição e contou muito com as individualidades de Isaac Thornton e Matheusinho para ter sucesso. O time figura na última posição em assistências, o que evidencia ainda mais a dificuldade de criar ataques em um jogo mais coletivo. Na defesa o time também cedeu muitos pontos, mas se destacou como uma das equipes que mais recuperou bolas (7,77) durante as partidas. Esse esforço vai ser importante frente a um favorito como o Corinthians.

Nada na série indica que o Pato tenho forças para eliminar o Corinthians da disputa do NBB. Muito pelo contrário, analisando os números e o que ocorreu durante a temporada, a equipe paulista entra como forte candidata a varrida. Apesar disso, o time paranaense já mostrou força ao vencer equipes como Bauru, São Paulo e Mogi na primeira fase, portanto, não se surpreenda se o Pato Basquete surpreender novamente nos playoffs.

Palpite: Corinthians 2 x 0 Pato Basquete

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade