PUBLICIDADE

Basquete

Jaylen Brown vai receber o maior salário da história da NBA; saiba qual o valor

Jogador renova contrato com o Boston Celtis por mais cinco temporadas e supera os valores do acordo entre Nikola Jokic e Denver Nuggets

25 jul 2023 - 18h15
Compartilhar
Exibir comentários

O ala Jaylen Brown chegou a um acordo com o Boston Celtics pela renovação de seu contrato por cinco anos e vai receber o maior salário da NBA. Serão US$ 304 milhões (R$ 1,4 bilhão na cotação atual) no total. O jogador vai receber US$ 52 milhões (R$ 246 milhões) na primeira temporada do vínculo em 2024/2025 e US$ 69 milhões (327 milhões) em 2028/2029.

Este acordo supera a renovação assinada há um ano por Nikola Jokic, duas vezes MVP da NBA e astro do campeão Denver Nuggets, por cinco anos e US$ 264 milhões (R$ 1,2 bilhão).

O valor que Brown vai receber na primeira temporada do acordo fica próximo dos US$ 51,9 milhões (R$ 246 milhões) que Stephen Curry vai receber do Golden State Warriors em 2023-2024. A lista dos mais bem pagos da próxima temporada tem ainda Kevin Durant, Nikola Jokic, LeBron James e Joel Embiid, com vencimentos de cerca de US$ 47,6 milhões (R$ 226 milhões).

Brown, de 26 anos e duas vezes All-Star, assinou com os Celtics até o final da temporada 2028-2029, informou seu agente, Jason Glushon, à ESPN americana. Na temporada passada, o ala teve média de 26,6 pontos (recorde da carreira), além de 6,9 rebotes e 3,5 assistências por jogo.

O Boston Celtics caiu na final da Conferência Leste para o Miami Heat e o futuro de Brown na franquia foi colocado em xeque. A outra estrela da equipe, Jayson Tatum, pediu inclusive para o companheiro ser trocado. Situação que obviamente não ocorreu.

Desde que Brown foi draftado como terceira escolha em 2016, o time de Boston chegou à final da Conferência Leste em cinco ocasiões e foi vice-campeão da NBA em 2022. / COM AFP

CONFIRA PROJEÇÃO DO SALÁRIO DE JAYLEN BROWN:

  • US$52,368 milhões (R$ 246 milhões) em 2024/25
  • US$ 56,557 milhões (R$ 265 milhões) em 2025/26
  • US$ 60,747 milhões (R$ 288 milhões) em 2026/27
  • US$64,936 milhões (R$ 308 milhões) em 2027/28
  • US$ 69,126 milhões (R$ 328 milhões) em 2028/29
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade