PUBLICIDADE

Vettel revela que "está se questionando" sobre seguir na F1 em meio a crise climática

Durante participação em programa de TV, Sebastian Vettel admitiu a incompatibilidade entre o que pensa com relação ao meio ambiente e o que faz da vida

13 mai 2022 11h26
| atualizado às 11h29
ver comentários
Publicidade
Sebastian Vettel participou do ‘Question Time’, da BBC
Sebastian Vettel participou do ‘Question Time’, da BBC
Foto: Reprodução/BBC / Grande Prêmio

FÓRMULA 1 2022: VERSTAPPEN ATROPELA EM MIAMI. COMO FERRARI RESPONDE? | Paddock GP #286

A Fórmula 1 está parada nesta semana, mas os atores do campeonato seguem bastante ativos. Sebastian Vettel participou do programa de televisão 'Question Time', da emissora inglesa BBC, na noite da última quinta-feira. Durante a atração, deixou de lado as análises mais quentes sobre a Fórmula 1, temporada atual e Aston Martin. O debate era sobre questões importantes na sociedade atual e, quando tocou na vida na F1, foi para traçar um paralelo com o que pensa sobre outros pontos. A questão climática, por exemplo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

+ Russell se esbalda no sofrimento pela Williams para entender problemático Mercedes W13

Vettel falou sobre a dubiedade que é ser um piloto de carros de corrida da F1 e, ao mesmo tempo, tão vocal defensor da sustentabilidade energética. O piloto não se escondeu e admitiu que existe, sim, uma linha de hipocrisia entre o que defende e a ocupação que tem.

"Sim e são perguntas que eu mesmo me faço todos os dias. Não sou um santo. Estou muito preocupado com o futuro, então esses tópicos relacionados a energia, dependência energética e para onde vamos [são coisas que ficam na cabeça]", disse.

Sebastian Vettel, à direita da tela, durante o 'Question Time', da BBC (Foto: Reprodução/BBC)

Paddockast #147: A Red Bull passou a Ferrari? O balanço da 1ª parte da F1 2022

"Há algumas coisas que estão sob meu controle e outras que certamente não estão. Guiar carros de corrida é minha paixão, eu amo, e cada vez que entro num carro eu amo. Quando saio do carro, claro, também penso se é algo que devo fazer ajudando a desperdiçar recursos", revelou.

Na sequência, afirmou que "está se perguntando" se deveria estar na F1 e "viajando o mundo". Entretanto, partindo do princípio de que controla o que é possível, lembrou do que faz para tentar aplacar o efeito que tem no meio ambiente ao estar na F1.

"Tem muita coisa que pergunto a mim mesmo e muitas coisas que eu faço porque acredito que posso melhorar. Preciso pegar um avião todas as vezes? Não, então pego o carro. Algumas coisas estão sob o meu controle", apontou. O tetracampeão ainda lembrou que a F1 e o esporte também funcionam como entretenimento e que as pessoas "enlouqueceriam" caso não tivesse maneiras de passar tempo.

O 'Question Time' está no ar desde 1979 e recebe sempre um painel formado por cinco personalidades importantes, a maior delas do campo político, mas gente de outras áreas com relevância intelectual também são convidados. Nesta edição, Vettel tinha a companhia da procuradora-geral e parlamentar do Partido Conservador do Reino Unido, a parlamentar do Partido Trabalhista Shabana Mahmood, a economista Miatta Fahnbulleh e o comediante Geoff Norcott. A apresentadora é a jornalista Fiona Bruce.

COMO ALONSO ABRIU AS PORTAS PARA O AZAR EM MIAMI NA FÓRMULA 1 2022

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade