PUBLICIDADE

Red Bull "toma providências" e contrata advogado após batida Hamilton-Verstappen

Helmut Marko, consultor da Red Bull, afirmou que a equipe contratou um advogado para analisar e ver "o que é possível fazer", dentro das leis esportivas, sobre o acidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen no GP da Inglaterra

20 jul 2021 12h53
| atualizado às 12h56
ver comentários
Publicidade
Verstappen foi atingido por Hamilton em Silverstone
Verstappen foi atingido por Hamilton em Silverstone
Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images / Grande Prêmio

A batida entre Lewis Hamilton e Max Verstappen vem ganhando proporções diferentes dentro da Red Bull. Helmut Marko, consultor da equipe, contratou um advogado para investigar a colisão entre os pilotos. Verstappen abandonou e precisou ir para o hospital após o impacto, enquanto Hamilton, mesmo punido em 10s, venceu a corrida.

"Ele [o advogado] deve verificar o que você pode fazer em tal situação dentro da estrutura da lei do esporte", disse Marko, em entrevista ao jornalista austríaco Kronen Zeitung.

Após a corrida, o consultor chegou a solicitar à FIA (Federação Internacional do Automobilismo) que Hamilton fosse suspenso por uma corrida nesta temporada. Segundo ele, "um comportamento tão imprudente e perigoso precisa ser penalizado com uma suspensão ou algo parecido". Ele explica que o pedido foi feito pela forte batida, que levou Verstappen ao hospital.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Opinião GP: É guerra! Verstappen x Hamilton dá início a rivalidade que faltava na F1

Max Verstappen bateu com muita força
Max Verstappen bateu com muita força
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

"Foi muita sorte que nada de sério aconteceu com Max, o carro e provavelmente o motor também está quebrado. Você não pode deixar que isso aconteça", declarou ele.

"Uma suspensão seria justificada. Isso é ridículo. Mas talvez os regulamentos também sejam culpados por serem relativamente restritos", seguiu.

"Max estava em sua linha, onde Hamilton estava, ele teve que tirar o pé do acelerador. Você não pode acertar seu oponente na roda traseira em uma das curvas mais rápidas, o toque mais leve pode ter consequências fatais. Portanto, uma ação irresponsável. Hamilton precisa saber quais são as consequências", concluiu.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade