PUBLICIDADE

Porsche-Audi: em que pé está? É solução ou mais um problema para Fórmula 1?

A Volkswagen ainda não decidiu se vai ou não ingressar na F1 a partir de 2026, enttão o que está faltando? Como a marca pretende se estabelecer na maior categoria do esporte a motor?

24 jan 2022 18h50
| atualizado às 18h59
ver comentários
Publicidade
Audi e Porsche na F1? Depende agora de decisão do Grupo Volkswagen
Audi e Porsche na F1? Depende agora de decisão do Grupo Volkswagen
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Afinal, o que há de concreto nas conversas atuais do Grupo Volkswagen para entrar na Fórmula 1 em 2026? O interesse existe, mas será para fornecer motores ou como equipe própria de Porsche e Audi? As duas marcas entram ao mesmo tempo?

Diante da possibilidade de um novo regulamento para as unidades de potência, um sistema mais barato e dentro de uma plataforma controlada, a marca alemã iniciou conversas com a F1 no ano passado e agora precisa decidir o que fazer.

O assunto também voltou ao noticiário depois de uma entrevista de Zak Brown, na qual o dirigente trouxe mais informações sobre os bastidores da negociação. O CEO da McLaren negou que haja qualquer acordo pronto ou sequer adiantado com a Volkswagen.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pelo contrário, até disse que a primeira necessidade é eles definirem se realmente desejam ingressar na F1. Até porque a McLaren tem o acordo para receber motores da Mercedes até 2025 e não está com pressa para resolver.

Brown ainda fez uma fofoquinha do paddock. "Estou escutando que eles farão alguma coisa com a Red Bull no que diz respeito à Porsche", contou.

O vídeo desta noite procura entender em que pé está as conversas com o grupo alemão e o que isso representa para a F1.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade