0

Polícia recupera mais de 300 itens de coleção de Senna

Peças histórias como macacões, capacetes, luvas e camisetas foram encontradas em Chivasso, pequena cidade na província de Turim, na Itália

29 jul 2020
07h56
atualizado às 08h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Polícia italiana apresenta itens de colecionador recuperados após furto em 11 de julho
Polícia italiana apresenta itens de colecionador recuperados após furto em 11 de julho
Foto: Divulgação / Grande Prêmio

Parte da coleção histórica de Sergio Pregno, dono de itens que pertenceram a Ayrton Senna, como macacões, bonés, capacetes, luvas, miniaturas e camisetas, foi recuperada na última terça-feira (28) em Chivasso, cidade próxima a Turim, em Piemonte, na Itália. De acordo com informações da agência de notícias Ansa, cerca de 300 peças, foram encontradas em um antiquário, foram encontradas pela política local. Os itens foram furtados da casa do colecionador no dia 11 de julho.

Dois homens suspeitos de terem cometido crime foram presos na semana passada pelas autoridades de Cimelli e Castagnole Lanze, também na Itália. A investigação coordenada pelo vice-promotor Giorgio Nicola e pelo procurador-chefe Alberto Perduca resultou na prisão de Danilo Martucci, de 31 anos, e Dabide Robba, de 32.

Polícia italiana apresenta itens de colecionador recuperados após furto em 11 de julho
Polícia italiana apresenta itens de colecionador recuperados após furto em 11 de julho
Foto: Divulgação / Grande Prêmio

Os dois foram indiciados pela polícia local depois de denúncia do próprio dono do antiquário, que avisou a polícia assim que recebeu as peças.

O que as autoridades ainda investigam é para onde foram levados os outros itens do colecionador e se há mais pessoas envolvidas no crime. Os celulares dos suspeitos, segundo o jornal local 'Corriere Torino', afiliado ao 'Corriere della Sera', continha fotos de toda a coleção relacionada a Senna e também mensagens sobre o quanto seria possível arrecadar com a venda dos itens furtados.

Sergio Pregno, colaborador do Instituto Ayrton Senna, disponibiliza há mais de 16 anos os itens da sua coleção para exposições relacionadas ao piloto na Europa.

A estimativa é que a coleção completa de Pregno tenha um valor de cerca de € 300 mil, ou R$ 1,81 milhão na cotação atual.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade