PUBLICIDADE

Giovinazzi revela mensagens de Hamilton e Verstappen após anúncio de saída da F1

Antonio Giovinazzi revelou apoio de diversos pilotos do grid após o anúncio de sua saída do grid da Fórmula 1 em 2022, entre eles os concorrentes ao título Lewis Hamilton e Max Verstappen

28 nov 2021 10h48
ver comentários
Publicidade
Antonio Giovinazzi revelou mensagens de Hamilton e Verstappen
Antonio Giovinazzi revelou mensagens de Hamilton e Verstappen
Foto: Alfa Romeo / Grande Prêmio

HAMILTON COM MERCEDES 'MEGA DIVA': RED BULL AINDA RESPIRA NA F1 2021?

Antonio Giovinazzi está fora do grid da Fórmula 1 em 2022, mas recebeu apoio dos companheiros do grid. A Alfa Romeo optou por não renovar com os serviços do piloto italiano para contratar o chinês Guanyu Zhou, que será o parceiro do finlandês Valtteri Bottas no próximo campeonato. Antonio seguirá para a Fórmula E, onde foi contratado pela Dragon.

Em entrevista à rádio italiana RAI, Giovinazzi revelou que recebeu mensagens dos dois postulantes ao título da Fórmula 1 em 2021: Lewis Hamilton e Max Verstappen, além de pilotos como Pierre Gasly e Sergio Pérez.

"Tanto [Lewis] Hamilton quanto [Max] Verstappen me mandaram uma bela mensagem, e são coisas que você aprecia porque mostra que eles te seguem. Corri com Max em 2015 na F3, então já o conheço bem, são gestos que você aprecia, mas não só dele, também de [Pierre] Gasly, [Esteban] Ocon e [Sergio] Pérez", comentou o piloto.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Antonio Giovinazzi deixa a F1 em 2021 (Foto: Alfa Romeo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na temporada 2021, Giovinazzi somou apenas 1 ponto com o 10º lugar no GP de Mônaco. Ele ocupa a 18ª posição no Mundial de Pilotos, enquanto a Alfa Romeo é 9º no Mundial de Construtores. O italiano está na Fórmula 1 como titular da equipe desde 2019.

"Má sorte é infelizmente parte do esporte, e esperava que cedo ou tarde as coisas iriam ao meu favor, mas não tivemos sorte no meu lado. Nesta temporada, poderíamos ter alcançado muito mais que o que temos, e isso é uma pena, porque é um Mundial em que todos nós trabalhamos duro. Colocamos muito esforço e é uma pena que não alcançamos o esperado, mas é parte do esporte e da vida. Não devemos ficar bravos pelo passado, mas olhar para o futuro", completou o piloto.

Giovinazzi retorna ao cockpit da Alfa Romeo no GP da Arábia Saudita, que acontecerá no dia 5 de dezembro no circuito urbano de Jedá.

HAMILTON E O MOTOR APIMENTADO: A ARMA DA MERCEDES NA ARÁBIA SAUDITA

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade