1 evento ao vivo

Governo do Mato Grosso define área para construção de autódromo e sonha com Indy

O governo do Mato Grosso recebeu um terreno doado para seguir com as obras de um autódromo internacional. Os planos das autoridades envolvem Stock Car, Indy e MotoGP, mas o circuito tem prazo para ficar pronto em 2022

25 jan 2021
04h22
atualizado às 06h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Projeto do Autódromo Internacional do Mato Grosso foi apresentado na última semana
Projeto do Autódromo Internacional do Mato Grosso foi apresentado na última semana
Foto: Divulgação / Grande Prêmio

A construção do Autódromo Internacional de Mato Grosso, em Cuiabá, avançou em mais uma etapa. Uma área de 300 hectares, orçada em 50 milhões, foi doada pelo Grupo Bom Futuro após pedido do governo estadual. A informação foi publicada no último fim de semana pelo jornal Gazeta Digital.

Além de ceder o espaço para a obra, o grupo vai bancar a terraplanagem e o projeto arquitetônico do circuito. O governo do MT espera investir cerca de R$ 32 milhões para concluir o projeto. O Bom Futuro, que atua há 30 anos no mercado de soja, possui Fernando Maggi Scheffer, presidente da Federação de Automobilismo do Mato Grosso, como um dos proprietários.

"A ideia é oferecermos condições para o Governo construir aqui um circuito internacional para receber provas como Stock Car, Copa Truck, motovelocidade, que há anos o Brasil não sedia, e até uma Fórmula Indy", disse Scheffer à publicação.

Governo do MT espera receber a Indy no futuro (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O anúncio da doação foi feita durante visita do governador Mauro Mendes (Democratas). Para dar sequência ao projeto, a federação realizou a aprovação das contas em uma assembleia com dirigentes e pilotos.

"Estávamos todos ansiosos por essa notícia. Só temos que aplaudir essa iniciativa do Grupo Bom Futuro que há anos já vinha investindo fortemente no automobilismo. Mato Grosso vive um momento único em sua história e agora teremos também um autódromo internacional que vai projetar o Estado, atrair investimentos, gerar emprego e renda, e acima de tudo revelar pilotos", declarou Luiz Carlos Galvan, presidente do Sportsmotor Clube de Automobilismo, ao Gazeta Digital.

O Autódromo Internacional de Mato Grosso está previsto para ficar em uma área de 300 hectares entre as rodovias MT-010 e a MT-251, no entorno de Cuiabá e que liga a capital a outras cidades da região. Os planos são de inaugurar o circuito em 2022, ainda na atual gestão estadual, mas as obras ainda não possuem previsão de início.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:

Veja também:

Os segredos da Red Bull para bater a Mercedes
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade