0

Levir concentra foco na Libertadores e garante Galo ofensivo na terça-feira

9 fev 2019
20h26
atualizado às 20h26
  • separator
  • comentários

Após a magra vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, neste sábado, no Ronaldão, pelo Campeonato Mineiro, o Atlético agora volta suas atenções para a pré-Libertadores. A equipe quer vencer o Danúbio, na terça-feira, no Independência, para avançar sem sustos. Para atingir o objetivo, o técnico Levir Culpi garante o Galo ofensivo.

"Uma coisa é certa: não vamos jogar para defender a vantagem que temos. Não é o conceito do time, da camisa do Atlético. É outro conceito, de jogar sempre para vencer. É um DNA, eu não posso mexer. Eu quero isso também, quero o time vencendo", destacou.

Por causa do confronto contra o Danúbio, neste sábado o treinador atleticano escalou somente reservas contra a Caldense. O resultado da partida foi magro e o Galo não teve uma exibição maravilhosa, salvando poucos lances além do gol. Levir compra a responsabilidade dos erros e reforça que é uma boa oportunidade para observar atletas.

"Não posso ficar fazendo muito uma comparação, porque as mudanças são muito radicais. Entram jogadores que jogam no primeiro time, entram alguns meninos. É uma oportunidade de observá-los. As coisas que saem mais erradas, que são muitas, estão mais por minha conta que por conta deles. Não tem um sistema tático muito bem definido ainda, às vezes o jogador se perde na falta de continuidade. Esse é um problema meu. Eu que estou expondo o jogador. Mas é uma necessidade nossa. Estamos com um objetivo em cima da Libertadores. Por falar nisso, a torcida já fez sua parte, não tem mais ingresso. Agora falta a nossa (time)", finalizou.

Como só tinha reservas em campo, o Atlético deixou os titulares trabalhando na Cidade do Galo. No primeiro encontro com o Danúbio, na terça-feira (05), o duelo ficou empatado em 2 a 2.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade