PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

'Plano Motosserra' de Milei fará com que produtos como pão, gasolina e até streaming fiquem mais caros

Presidente quer desvalorizar peso, que fará crescer ainda mais a inflação na Argentina

14 dez 2023 - 12h25
Compartilhar
Exibir comentários
Javier Milei durante cerimônia de posse da presidência da Argentina no dia 10 de dezembro de 2023
Javier Milei durante cerimônia de posse da presidência da Argentina no dia 10 de dezembro de 2023
Foto: REUTERS/Agustin Marcarian

A Argentina vive uma das piores crises econômicas de sua história, com parte da população vivendo na pobreza e a inflação beirando os 150% anuais. Algumas medidas tomadas pelo novo presidente Javier Milei farão com que esse cenário fique ainda pior para o argentino no curto prazo.  

Produtos como o pão, gasolina e até os serviços de streaming devem aumentar nos próximos dias. De acordo com o portal argentino Infobae, a expectativa é de que o preço dos produtos da cesta básica subam 98,7%, enquanto o valor do combustível deve crescer ao menos 37%. 

A principal medida econômica do governo de Javier Milei que deve elevar os preços desses produtos é a forte desvalorização da moeda para 800 pesos a cada um dólar, que fará crescer ainda mais a inflação, que já está perto de 150% no acumulado do ano. 

O plano do governo Milei também prevê cortes nos subsídios, aumentando as contas de energia (luz e gás) e os custos de transporte (ônibus e trem). Os cortes de subsídios sofrerão uma redução, mas não ficou claro se serão imediatos. Na semana passada o jornal Clarín adiantou que a retirada seria feita gradualmente até abril.

Além disso, obras públicas serão congeladas. Contratações comissionadas na máquina pública serão suspensas. Também haverá mudança nos sistemas de importação e retenção de parte das exportações, em um cenário em que o país tenta conter a fuga de dólares.

Veja países que cobram menos impostos sobre consumo da população Veja países que cobram menos impostos sobre consumo da população

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade