PUBLICIDADE

Petrobras registra recorde de vendas e produção de diesel S-10 em 2021

28 jan 2022 13h06
| atualizado às 14h48
ver comentários
Publicidade

A Petrobras vendeu um recorde de 25,8 bilhões de litros de diesel S-10 em 2021, uma alta de 34,7% ante o ano anterior, após produzir volumes também históricos do produto, informou a empresa em nota à imprensa nesta sexta-feira.

Ao todo, a companhia produziu no ano passado 21,2 bilhões de litros do diesel S-10, com menor teor de enxofre, avanço de 10% em relação a 2020.

Para atendimento a seus contratos de venda, a produção de diesel S-10 da Petrobras é complementada por importações realizadas pela própria companhia.

"Os números refletem os esforços da companhia para ampliar a oferta do produto com menor teor de enxofre e que atende às tecnologias mais modernas de motores em uso no Brasil", disse a petroleira na nota.

Atualmente, a venda do S-10 corresponde a mais da metade das vendas totais de diesel da Petrobras, que trabalha para alcançar 100% da produção até 2026.

INVESTIMENTOS

A companhia prevê investir 2,6 bilhões de dólares na expansão da capacidade de suas refinarias até 2026, resultando numa produção adicional de mais de 300 mil barris por dia de óleo diesel S-10.

O Brasil comercializa hoje dois tipos de óleos diesel: o diesel S-500 e o diesel S-10, que atendem às necessidades de diferentes tecnologias veiculares.

O S-500 destina-se a veículos produzidos até 2011 e garante a eles um menor consumo, com atendimento às legislações de emissões vigentes. Já os veículos produzidos a partir de 2012 devem usar o óleo diesel S-10, que permite atender aos limites de emissões definidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

"O óleo diesel S-10 é essencial para o desempenho dos motores produzidos a partir de 2012, com impactos positivos na redução de emissões de material particulado em até 80% e de óxidos de nitrogênio em até 98%", disse a Petrobras.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade