PUBLICIDADE

Ibovespa oscila antes da decisão de juros do Fed; Vale (VALE3) sobe

12 jun 2024 - 11h12
Compartilhar
Exibir comentários
Ibovespa. Foto: iStock.
Ibovespa. Foto: iStock.
Foto: Suno

O Ibovespa iniciou as negociações desta quarta-feira (12) em alta, mas logo reverteu o sinal. Por volta das 10h05, o índice acionário subia 0,61%, aos 122.372,76 pontos. No entanto, cerca de 20 minutos depois, às 10h26, o indicador registrava queda de 0,20%, aos 121.394,03 pontos.

As ações da Petrobras estão acompanhando a oscilação do índice Bovespa. Os papéis, que iniciaram a sessão em alta, agora operam no vermelho: Petrobras ON (PETR3) recua 0,12%, a R$ 38,27, por volta das 10h25. No mesmo horário, Petrobras PN (PETR4) cai 0,18%, a R$ 36,64.

Já os grandes bancos estão caindo em bloco no início das negociações desta quarta-feira. Por volta das 10h25, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) caem 0,72%, a R$ 26,90. No mesmo horário, os papéis do Santander (SANB11) operam em baixa de 0,44%, a R$ 26,97. Já as ações do Bradesco (BBDC4) estão recuando 0,15%, a R$ 12,91, enquanto Itaú Unibanco (ITUB4) perde 0,22%, a R$ 31,48. 

Revertendo as perdas da última sessão, as ações da Vale (VALE3) iniciaram o pregão em alta, na contramão da queda de quase 1% do minério de ferro na bolsa de Dalian, na China, nesta quarta-feira. Por volta das 10h05, os papéis da mineradora avançam 0,42%, a R$ 61,24. 

O que deve movimentar o Ibovespa hoje?

As atenções dos mercados globais estão voltadas nesta quarta-feira para a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano. A expectativa dos analistas é de que os juros se mantenham inalterados no país.

No entanto, os investidores devem acompanhar também a coletiva do presidente da instituição, Jerome Powell. Durante o discurso, Powell deve detalhar o resultado da reunião e trazer perspectivas para o futuro dos juros nos Estados Unidos.

Além disso, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) de maio dos Estados Unidos foi divulgado nesta manhã. O indicador ficou estável em maio, após uma alta de 0,3% em abril. Na comparação anual, o CPI acumulou alta de 3,3%, abaixo dos 3,4% de abril. Os números vieram abaixo das expectativas dos analistas.

No Brasil, o volume de serviços prestados avançou 0,5% em abril, em comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta manhã. No acumulado do ano até abril, o volume de serviços cresceu 2,3% ante o mesmo período de 2023. No acumulado de 12 meses, há uma alta de 1,6%. 

Os dados de serviço também estão no radar dos investidores, visto que podem trazer mais pressões inflacionárias e impactar a política monetária do País.

Cotação do dólar 

O dólar comercial iniciou a sessão desta quarta-feira em alta. Por volta das 10h30, a moeda norte-americana avança 1%, negociada em R$ 5,414 na compra e R$ 5,415 na venda.

Bolsas fecham mistas na Ásia e sobem na Europa 

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira (12), após dados da inflação chinesa e à espera de decisão de juros do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Liderando os ganhos, o índice Taiex subiu 1,18% em Taiwan, à máxima histórica de 22.048,96 pontos, impulsionado por companhias de semicondutores. 

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi avançou 0,84% em Seul, a 2.728,17 pontos, enquanto o japonês Nikkei caiu 0,66% em Tóquio, a 38.876,71 pontos, pressionado por ações de incorporadoras e corretoras, e o Hang Seng recuou 1,31% em Hong Kong, a 17.937,84 pontos, sob o peso de ações de tecnologia.

Na China continental, os mercados ficaram no azul após a inflação doméstica vir praticamente em linha com as expectativas. O Xangai Composto subiu 0,31%, a 3.037,47 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto teve ganho de 0,58%, a 1.693,91 pontos. 

Já na Europa, os principais índices acionários estão se recuperando das perdas dos últimos dias, após as eleições parlamentares, enquanto os investidores aguardam a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed).

Por volta das 10h (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 avançava 1,09%, a 522,94 pontos.

Com informações de Estadão Conteúdo.

Maiores altas e baixas do Ibovespa

Última cotação do Ibovespa

O Ibovespa encerrou o pregão da última terça-feira (11) em alta, mesmo após a divulgação de dados de inflação acima do esperado no Brasil. O índice acionário teve uma variação positiva de 0,73%, aos 121.635,06 pontos.

Suno
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade