0

O presente comprado na web não chega? Veja o que fazer

O consumidor tem o direito de exigir a entrega imediata ou desistir da compra e receber o dinheiro de volta

22 dez 2015
09h44
atualizado em 23/12/2015 às 09h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Se você acabou deixando as compras de Natal para a última hora e os presentes ainda não chegaram, saiba que você tem direitos a serem exigidos do fornecedor. É possível exigir a entrega imediata da mercadoria ou cancelar e pedir o dinheiro de volta. Confira:
 
1 - Verifique o prazo de entrega acertado
O primeiro passo é verificar o prazo para entrega que havia sido informado pela loja no momento da compra. Por isso, é importante guardar qualquer tipo de documento relativo à aquisição do produto, desde o protocolo do pedido até comprovantes de pagamento.

Não entregar o produto na data prometida é considerado descumprimento de contrato por parte da empresa
Não entregar o produto na data prometida é considerado descumprimento de contrato por parte da empresa
Foto: eurobanks/Shutterstock

2 - Exija a entrega imediata  
Poucos consumidores sabem, mas em casos de atraso, o cliente tem o direito de exigir a entrega imediata do produto, segundo a Proteste, uma das maiores organizações de defesa do consumidor na América Latina.
 
3 - Negocie um novo prazo
Caso a empresa não possa fazer a entrega imediata, mas você ainda queira receber o produto, entre em contato com a empresa para negociar uma nova data para a entrega. E, nesses casos, não adianta: o jeito é recorrer a uma loja física mesmo e tentar comprar presentes semelhantes.
 
4 - Cancele e peça seu dinheiro de volta
Não entregar o produto na data prometida é considerado descumprimento de contrato, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor. O cliente tem o direito de cancelar e pedir o dinheiro de volta. Se a empresa não aceitar o cancelamento, procure uma entidade de defesa do consumidor. Registrar uma reclamação no Procon pode evitar que outros clientes passem pelo mesmo.
 
5 - Você pode entrar na Justiça

Cabe entrar na Justiça por danos morais diante do prejuízo irreparável. Mas, para isso é importante juntar todo material que comprove o atraso no prazo de entrega, para ser usado como prova. Por isso, sempre guarde qualquer documento referente à compra.

Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade