3 eventos ao vivo

Produto vencido no supermercado? Veja o que fazer

3 jun 2015
09h00
atualizado às 09h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Na hora das compras no supermercado, o consumidor deve ficar atento ao prazo de validade dos alimentos. Ninguém quer pegar uma intoxiocação alimentar e outras complicações pelo consumo de alimentos vencidos.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, caso seja encontrado produto com prazo de validade vencida, deve-se pedir a substituição desses itens por outros similares. Se o fornecedor não tiver de tais produtos, deverá restituir a quantia paga, sem prejuízo de eventuais perdas e danos.

O prazo de validade é uma informação obrigatória na embalagem de todos os alimentos para informar ao consumidor a data, indicada pelo fabricante ou embalador, até a qual ele conserva as características de qualidade e segurança, mantendo-se apropriado para o consumo.

De olho na validade
De olho na validade
Foto: Daniela Leite

Campanha ‘De olho na validade”
Visando reduzir esses problemas, a APAS - Associação Paulista de Supermercados, entidade que reúne empresários supermercadistas do Estado de São Paulo, e o PROCON-SP se uniram na campanha “De olho na Validade”. Vários supermercados associados a ABAS aderiram.

A campanha prevê que se o consumidor,  antes de passar pelo caixa, encontra produtos com a validade vencida, deverá receber gratuitamente um similar e de igual valor. Caso o consumidor encontre mais de um item com o prazo de validade vencido receberá a mesma quantidade de produtos ou desconto.

Via assessoria, a APAS informa que não possui dados concretos da campanha, mas afirma ser um sucesso. Muitos supermercados aderiram e as reclamações diminuíram drasticamente, afirma Katia Amorim, assessora de comunicação da APAS.

Essa campanha se iniciou em São Paulo com a APAS e atualmente 15 Estados brasileiros aderiram: Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

Os supermercados não são obrigados a aderir a campanha. Os que aderiram possuem cartazes perto dos caixas com a informação ’De olho na validade’.

 

Veja também:

Arrizo 6, o sedã chinês que conquista pelo conforto
Fonte: Squimb Conteúdo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade