PUBLICIDADE

Você já investe em FIIs? Conheça esta aplicação 

Fundos de Investimento Imobiliário são forma mais acessível de investir no setor para ter renda recorrente e isenta de IR.

25 mai 2022 01h00
| atualizado às 13h32
ver comentários
Publicidade
Foto: Adobe Stock

De forma simples, fundos são como um tipo coletivo de investimento, que é administrado por um gestor profissional. No caso dos FIIs, Fundos de Investimento Imobiliário, os recursos serão alocados diretamente em empreendimentos imobiliários ou em papéis de financiamento desse setor. 

Quer dizer que o dinheiro investido por meio de FIIs pode ser destinado para a construção de prédios comerciais, por exemplo, ou em papéis como LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários). Desta forma, o fundo recebe de volta os ganhos com a venda ou aluguel desse imóveis, por exemplo. 

Veja ainda quais as vantagens dos FIIs, para quem ele é indicado e saiba como investir nesse ativo. 

Quais as vantagens dos Fundos de Investimento Imobiliário 

Os FIIs são indicados para quem quer uma renda recorrente - os FIIs distribuem rendimentos periodicamente, geralmente todo mês. A vantagem desses rendimentos é que eles são isentos do imposto de renda. Já caso o investidor venda a sua cota, o imposto de renda incide em 20% sobre o rendimento da venda.  

Os fundos são atrativos para quem quer investir no mercado imobiliário mas com menos recursos do que precisaria para comprar um imóvel. Os riscos e a rentabilidade desse tipo de fundo, portanto, também podem ser afetados por movimentos no mercado imobiliário. 

Para quem é indicado o investimento em Fundos de Investimento Imobiliário 

Esse é um investimento indicado para quem quer investir com objetivo de médio a longo prazo, e procura ter uma renda recorrente.

Diferente de ativos que têm um prazo de vencimento, o FII costuma ter prazo de duração indeterminado. Então, o investidor que precisar resgatar o investimento terá de vendê-lo no mercado secundário, ou seja, para outro investidor. Quando isso acontece, o valor de venda será o valor da cota no momento da venda, que pode ser maior ou menor do que a da compra, dependendo da procura pelo fundo.  

Como investir em um Fundos de Investimento Imobiliário

Para investir em FIIs é preciso ter uma conta em uma corretora de valores. Os FIIs são listados na bolsa de valores, então a forma de fazer o investimento nesses ativos é parecida com a de comprar ações, mas nesse caso, o investidor adquire cotas do fundo. 

Há mais de 400 FIIs atualmente listados na B3, a bolsa de valores de São Paulo, e os preços dos FIIs, assim como os rendimentos, são muito variáveis. Antes de escolher, o investidor deve procurar saber quais as especificidades do ativo junto à sua corretora e no site da B3. 

Redação Dinheiro em Dia
Publicidade
Publicidade