PUBLICIDADE

3 erros de líder jovem em relação à inteligência emocional

Escritora especialista em liderança comenta deslizes que novos gestores devem evitar para não desmotivar equipe

8 jan 2023 - 03h00
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

A inteligência emocional é a capacidade de detectar e lidar com os sentimentos, não somente os próprios, mas também compreender as emoções das pessoas com quem se convive. Esse entendimento pode ajudar de muitas maneiras a formar novos líderes para o mercado de trabalho.

Ter capacidades sociais e emocionais é um diferencial importante no mercado, por conta do avanço da tecnologia.

“Qualidades antes consideradas excepcionais, como fazer cálculos de cabeça ― e muito rapidamente ― perderam espaço, enquanto o protagonismo passou a estar voltado para habilidades como saber se relacionar, se comunicar, trabalhar em conjunto e se adaptar a circunstâncias diversas”, resume a especialista e escritora Tonia Casarin, que lançou em 2022 o livro "Liderança Exponencial".

Ter essas habilidades pode mostrar um líder que é capaz de conduzir uma equipe de maneira mais eficiente, segundo Tonia.

“Quando exposto a situações mais estressantes, essa capacidade é essencial para avaliar os fatores e chegar a soluções eficazes. Quando não há inteligência emocional vindo por parte do gestor, o clima fica mais pesado e é mais difícil de conduzir o trabalho, impactando o desempenho dos colaboradores de forma negativa”, alerta.

Pensando nisso, Tonia listou três erros comuns que jovens líderes costumam cometer em relação à inteligência emocional.

1. Falta de controle sobre as emoções

Um jovem líder deve ter um bom controle sobre a emoção de cada situação, em relação a si mesmo e a todo o time. 

“Um gestor que não sabe gerenciar suas próprias emoções, ou que não sabe lidar com situações em que um integrante da equipe se descontrole dificilmente irá inspirar alguém”, comenta a autora.

Sendo assim, é fundamental manter a calma e mostrar para a equipe que qualquer obstáculo e dificuldade pode e deve ser contornada, sem desespero.

“Isso demonstra que o líder é equilibrado e deixa o time mais seguro, sabendo que está em boas mãos e pode confiar no gestor”, avalia. 

2. Deixar-se levar pelo estresse

Quando um líder tem inteligência emocional, ele não se deixa levar pelos sentimentos de estresse e ansiedade, de forma descontrolada. 

“Situações de crise sempre irão existir no ambiente de trabalho, mas é fundamental que a equipe perceba que a liderança consegue manter o controle, mesmo nesses momentos  críticos. Estressar-se muitas vezes faz parte do processo, mas não é recomendado ser ‘engolido’ por essas emoções negativas”, diz ela. 

Prevenir situações limite também é importante: “Promover uma gestão organizada, onde a função de cada um é clara e os prazos são estipulados com antecedência muitas vezes evita que se chegue ao extremo”, recomenda Tonia.

3. Não dar o devido valor às relações interpessoais

A troca de experiências entre líderes e os demais da equipe, compartilhando as frustrações e bons resultados faz com que o clima organizacional mantenha-se agradável. 

“A boa relação entre gestor e liderado, e entre todos do time, não é algo a mais, e sim um ponto-chave para ter uma boa performance e alcançar os resultados esperados. Hoje os limites entre pessoal e profissional estão cada vez mais tênues, e as pessoas querem ser felizes e se sentir realizadas naquilo que fazem, não existe mais aquele ‘muro’ que divide trabalho e a experiência pessoal de cada um”, opina a especialista.

Sendo assim, para Tonia, a liderança humana é capaz de “reconhecer como as mudanças tecnológicas afetam a maneira que vivemos, trabalhamos e como nos relacionamos”. 

“A tecnologia de hoje é exponencial, mas precisamos resgatar e valorizar as relações humanas, para que as pessoas se tornem exponenciais”, finaliza a autora. 

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da COMPASSO, agência de conteúdo e conexão. Conheça nossas soluções e entre em contato.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade