PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Golpe: mais de 1 milhão já foram vítimas de roubo de dados pessoais no Brasil; saiba se prevenir

País está entre os países que mais sofrem com ataques cibernético no mundo

8 mai 2023 - 11h59
(atualizado às 13h25)
Compartilhar
Exibir comentários
Golpistas normalmente atraem as pessoas por meio de anúncios na internet.
Golpistas normalmente atraem as pessoas por meio de anúncios na internet.
Foto: Nilton Fukuda / Estadão / Estadão

O Brasil está entre os países que mais sofrem com ataques cibernéticos de roubo e vazamento de dados pessoais no mundo. No caso do roubo, o número de vítimas já ultrapassam a casa do milhão. 

Segundo reportagem do Fantástico, da TV Globo, mais de 1 milhão de brasileiros já foram vítimas de roubo de dados pessoais. O golpista normalmente atrai as pessoas por meio de anúncios na internet. 

O advogado mineiro Júlio Barbosa, por exemplo, foi atraído assim. O suposto vendedor propôs que eles trocassem documentos e vídeos, para dar mais segurança à transação. Júlio enviou um vídeo, segurando sua carteira da OAB. Depois do pagamento, o vendedor, que na verdade era um golpista, sumiu sem enviar o produto. O bandido dublou o Júlio e usou o vídeo alterado para aplicar o mesmo golpe em centenas de pessoas.

Como evitar os golpes online

  • Faça a verificação em duas etapas ou autenticação multi-fator em todos os serviços online que disponibilizam esta camada extra de segurança, como o WhatsApp;
  • Verifique reputação das lojas online e comentários de outros usuários;
  • Sempre desconfie e busque os links oficiais das lojas;
  • Se um parente está pedindo dinheiro, ligue para ele antes de mandar a quantia;
  • Evite clicar em links que não procurou sozinho;
  • Desconfie de promoções com valores muito abaixo do mercado e chamadas com senso de urgência (só hoje, últimas unidades, etc); 
  • Não aceitar perfis desconhecidos nas redes sociais;
  • Mude sua senha a cada três meses, pelo menos, usando letras maiúsculas e minúsculas, caracteres especiais e números. Também vale usar um software de proteção de senha;
  • Não exponha tanto sua rotina nas redes sociais (isso ajuda os criminosos a saberem mais informações quando forem dar um golpe).
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade