0

vc repórter: cliente sente gosto de água sanitária no leite

Consumidor também identificou cheiro e sabor de detergente no leite comprado no Rio de Janeiro

24 jul 2015
16h11
  • separator
  • comentários

Um morador do Rio de Janeiro disse ter comprado leite com sabor e cheiro de detergente e água sanitária na capital fluminense. Ele afirma que o problema foi verificado neste mês, em três caixas de leite das marcas Barra Mansa e Fazendas do Rio, produzidas pela Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa, e que todas estavam dentro do prazo de validade.

As caixas são das marcas Fazendas do Rio e Barra Mansa
As caixas são das marcas Fazendas do Rio e Barra Mansa
Foto: Jordelino Flores Henrique / vc repórter


“Ao abrir uma caixa de leite da Fazendas do Rio e colocar na caneca para beber, percebi um cheiro forte, que lembra água sanitária e detergente. Quando eu e minha namorada provamos, percebemos um sabor também semelhante a tais produtos”, disse o leitor Jordelino Flores Henrique.

Siga o vc repórter no Twitter

Ele afirmou que a primeira queixa à empresa foi feita no dia 10 de julho. “O SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) nos disse que recolheria o produto e que seríamos ressarcidos pelo valor pago”, contou. No dia 20, depois de identificar o mesmo problema em duas caixas da marca Barra Mansa, ele voltou a entrar em contato com a cooperativa. “O SAC disse a mesma coisa de antes, mas, até hoje não recebemos retorno deles”, afirmou.

Jordelino disse ainda que, ao tocar o leite, sentiu ardência nas mãos. “Era como se estivesse com algo ácido. Isso aconteceu com o leite das três caixas”, explicou. O leitor guardou outras duas caixas fechadas e disse que não teve coragem de abrir.

Leitor diz que sentiu ardência nas mãos ao tocar o leite
Leitor diz que sentiu ardência nas mãos ao tocar o leite
Foto: Jordelino Flores Henrique / vc repórter


Procurada pelo Terra, a Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa afirmou que sempre conduz suas atividades “de maneira transparente, prezando pelo profundo respeito aos consumidores e pelo leite, este alimento tão importante para nutrição humana”. A empresa disse estar atenta para solucionar eventuais problemas.

Nesta sexta-feira (24), a cooperativa se comprometeu a enviar “de imediato uma equipe para fazer o recolhimento do produto, para futura análise, e ressarcimento ao consumidor”.

O leitor Jordelino Flores Henrique, do Rio de Janeiro (RJ), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui ou envie pelo aplicativo WhatsApp, disponível para smartphones, para o número +55 11 97493.4521.

vc repórter

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade