0

Teste: Caoa Chery Arrizo 5e inaugura era elétrica nos sedãs

Único sedã elétrico à venda no Brasil mantém o padrão de conforto, tem bateria com grande capacidade de carga e pode rodar até 322 km

30 set 2019
20h14
atualizado em 6/10/2019 às 12h06
  • separator
  • 0
  • comentários

A Caoa Chery decidiu apostar no segmento de carros elétricos. Por isso, lançou o Arrizo 5e, um sedã compacto igual ao modelo com motor a combustão. A única diferença está mesmo no motor elétrico e nas baterias de íon de lítio. Já avaliamos o Arizzo 5e em trechos de cidade e estrada em São Paulo. O carro destaca-se principalmente pelo nível de equipamentos de segurança, conforto e conectividade. Suas dimensões também são muito adequadas para o uso urbano. Quanto à parte que o diferencia, a eletrificação, o destaque fica por conta da capacidade das baterias, que é de 53,5 kWh (kilowatts hora).

O Arrizo 5e é o primeiro sedã 100% elétrico vendido no Brasil.
O Arrizo 5e é o primeiro sedã 100% elétrico vendido no Brasil.
Foto: Sergio Quintanilha / Guia do Carro

Quando falamos de carro elétrico, a capacidade das baterias é um fator importantíssimo, pois são elas que vão garantir uma boa ou má autonomia. Por isso, o Arrizo 5e tem o mérito de oferecer, em suas 98 células distribuídas por 24 módulos, 13,5 kWh a mais do que o Nissan Leaf (40 kWh), que é o carro elétrico mais vendido do mundo. Em comparação com o Chevrolet Bolt, outro elétrico famoso disponível no Brasil, o Arrizo 5e perde por apenas 6,5 kWh. Com essa capacidade, o Caoa Chery Arrizo 5e tem um alcance de 322 km.

Mas nem tudo é perfeito no primeiro carro 100% elétrico da Caoa Chery. A potência de 122 cavalos (ou 90 kW) parece pequena para os 1.520 kg do Arrizo 5e. Isso faz com que a sua aceleração de 0-100 km/h seja feita em 10,3 segundos. Não é ruim, mas o Nissan Leaf consegue fazer a mesma prova em 7,9 segundos. Para ter uma condução mais empolgante com o Arrizo 5e, é preciso deixar o carro sempre no modo Sport (quando o consumo de energia é maior). A troca do modo Sport para o Eco é feita por um botão no painel. O carro oferece ainda o Eco+, para casos de extrema necessidade de energia, mas o ajuste só pode ser feito por meio da tela de gerenciamento central do carro.

CAOA CHERY ARRIZO 5e
ITEM CONCEITO

NOTA

(1 a 5)

Desempenho básico 1
Consumo ótimo 5
Segurança ótimo 5
Conectividade bom 3
Conforto bom 3
Pacote de Série muito bom 4
Usabilidade muito bom 4
VEREDICTO muito bom 3,6

O bom desempenho do Arrizo 5e nas retomadas de velocidade é mérito dos 276 Nm de torque, disponíveis de forma permanente. O motor elétrico trabalha a até 12.000 rpm e o indicativo de consumo imediato de energia é mostrado do lado esquerdo do quadro de instrumentos, assim como o conta-giros. Segundo o Inmetro, o consumo por 100 km é de 15,2 kWh. O Arrizo 5e também traz o sistema de regeneração de energia nas frenagens.

O Caoa Chery Arrizo 5e trouxe do Arrizo 5 flex as mesmas características. O espaço interno é muito bom, especialmente no banco de trás. O porta-malas tem os mesmos 430 litros de capacidade. As suspensões têm um bom ajuste de conforto. Vários itens de conectividade, como espelhamento de celular pelo Easy Link, duas entradas USB, volante multifuncional e uma grande tela tátil central estão presentes. O padrão interno dos bancos, do painel, do volante e das portas é de bom gosto. Os porta-copos são eficientes. O nível de segurança é surpreendente, pois o carro tem cinco estrelas no China NCAP e traz itens como airbags laterais, isofix para cadeirinhas e controle de estabilidade, além de assistente de partida em subidas.

O visual do carro é um de seus pontos fortes.
O visual do carro é um de seus pontos fortes.
Foto: Sergio Quintanilha / Guia do Carro

Quanto ao conforto, o ar-condicionado automático digital é bastante competente e as manobras de estacionamento são facilitadas por sensores e pela câmera de ré. O volante tem ajuste de altura e não cai com o próprio peso -- pelo contrário, sobe para a posição normal se o motorista o solta. Um ajuste de profundidade poderia tornar mais fácil a tarefa de encontrar a posição de dirigir ideal. Mas talvez não resolvesse o maior problema do carro: a ergonomia dos bancos dianteiros. A parte do encosto dos bancos, apesar do bom padrão de acabamento, pode melhorar. O Arrizo 5e tem mais chances de agradar quem gosta de dirigir em posição elevada, pois o volante é inclinado para a frente. Dinamicamente, o carro parece um pouco indócil no primeiro contato, mas logo o motorista se acostuma com as respostas do volante e, principalmente, com os freios, que são menos progressivos do que num carro com motor a combustão.

Como todo veículo elétrico, o Caoa Chery Arrizo 5e traz uma mudança de conceito. Por isso, a montadora só colocará o carro à venda para o público em geral a partir de janeiro. Por enquanto, ele está disponível para frotistas e locadoras. Seu maior mérito, entretanto, é contribuir para um ambiente mais limpo, pois sua emissão de gases poluentes é zero. Mais do que isso, para quem pensa no próprio bolso, um carro elétrico tem um custo de apenas 9 centavos (R$ 0,09) por km rodado. Já um carro abastecido com etanol tem um custo de 29 centavos (R$ 0,29) por km rodado. Trata-se de uma diferença cinco vezes menor para uma autonomia apenas 13% maior de um carro flex. A Caoa Chery oferece uma garantia de três anos para o carro e de oito anos para as baterias e motor.  

O interior traz uma enorme tela tátil central e acabamento de bom gosto.
O interior traz uma enorme tela tátil central e acabamento de bom gosto.
Foto: Divulgação / Divulgação

O que é novo

  • O motor elétrico de 90 kW (122 cv).
  • Baterias de íon de lítio.

O que nós gostamos

  • Capacidade das baterias.
  • Retomadas de velocidade.
  • O carro já vem com cabo elétrico e tomada de três pinos.
  • Design.
  • Espaço traseiro.
  • Pacote de equipamentos de série.
  • Nível de segurança (cinco estrelas no China NCAP).

O que pode melhorar

  • A relação peso/potência (12,4 kg/cv) é muito alta.
  • Falta firmeza no volante em médias velocidades.
  • A ergonomia dos bancos dianteiros é ruim no encosto.

Os números

  • Preço: R$ 159.900
  • Motor: elétrico de 90 kW
  • Potência: 122 cv (90 kW)
  • Torque: 276 Nm
  • Bateria: 98 células, 24 módulos
  • Capacidade: 53,5 kWh
  • Câmbio: 1 marcha AT
  • Comprimento: 4,542 m 
  • Largura: 1,814 m
  • Altura: 1,487 m
  • Entre-eixos: 2,650 m
  • Peso: 1.520 kg
  • Pneus: 205/55 R16
  • Porta-malas: 430 litros
  • Tempo de recarga: 8 horas
  • 0-100 km/h: 10s0
  • Velocidade máxima: 152 km/h
  • Consumo por 100 km: 15,2 kWh
  • Autonomia: 6,6 km/kWh
  • Alcance: 322 km
  • Emissão de CO2: 0 g/km
  • Modelo avaliado: 2020

     

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade