PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Ações caem pressionadas por balanços e incerteza sobre juros

17 abr 2024 - 17h19
(atualizado às 18h04)
Compartilhar
Exibir comentários

As ações dos Estados Unidos caíram em um pregão instável nesta quarta-feira, com investidores avaliando a trajetória da taxa de juros do Federal Reserve e um conjunto de balanços fracos no início da temporada de resultados financeiros.

A Travelers caiu 7,41% e foi um dos maiores pesos para o índice S&P 500 e o maior para o índice Dow Jones, depois que a gigante dos seguros não atendeu às expectativas de Wall Street para o lucro do primeiro trimestre.

Após uma tendência de alta nos últimos dois meses de 2023, que se estendeu até o primeiro trimestre, as ações enfrentaram dificuldades, com o S&P 500 registrando sua quarta sessão consecutiva de quedas.

O índice está caminhado para sua terceira perda semanal consecutiva, uma vez que investidores reduziram expectativas quanto ao momento e ao tamanho dos cortes na taxa básica do Fed.

Autoridades do banco central dos Estados Unidos, incluindo o chair Jerome Powell, evitaram na terça-feira fornecer qualquer orientação sobre quando os juros poderão ser cortados, dizendo, em vez disso, que a política monetária precisa ser restritiva por mais tempo.

"Os mercados estão lidando com algumas coisas -- a inflação está mais forte do que a maioria espera, as expectativas de corte nos juros estão caindo e tivemos um aumento nas tensões geopolíticas, particularmente no Oriente Médio", disse Anthony Saglimbene, estrategista-chefe de mercado da Ameriprise Financial.

O Dow Jones caiu 0,12%, para 37.753,31 pontos. O S&P 500 perdeu 0,58%, para 5.022,21 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq perdeu 1,15%, para 15.683,37 pontos.

A pesquisa do Livro Bege do Fed sobre a atividade econômica norte-americana mostrou uma ligeira expansão do final de fevereiro até o início de abril, e as empresas temiam que o progresso na redução da inflação fosse interrompido.

Depois que o mercado começou a precificar amplamente um corte do Fed em junho, neste ano, as expectativas de um corte de pelo menos 25 pontos-base encolheram para 16,8%, e de um corte em julho para 46%, segundo a ferramenta FedWatch da CME.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade