PUBLICIDADE

Consciência Negra: 5 livros para refletir sobre o tema

De Maya Angelou a James McBride, confira a lista de obras essenciais sobre o tema para você ler

17 nov 2021 11h00
| atualizado às 12h14
ver comentários
Publicidade
Livros para refletir sobre o Mês da Consciência Negra
Livros para refletir sobre o Mês da Consciência Negra
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Instituído como feriado facultativo, o Dia da Consciência Negra é comemorado não só em 20 de novembro, mas também no mês inteiro. A data marca o dia da morte de Zumbi dos Palmares, o último líder do Quilombo dos Palmares, e simboliza a luta contra escravidão.

Considerando que livros têm o poder de abrir janelas tanto para o mundo quanto para dentro de si mesmo, que tal refletir sobre essa data tão carregada de significados com essa seleção de cinco livros essenciais?

Homenageie a data do mês lendo tramas que representam a luta do povo negro por liberdade e entenda o porquê da celebração. Confira:

Queenie, Candice Carty-Williams

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Candice E Fox Carty-Williams (@candicec_w)

Eleito um dos 100 melhores livros de 2019 pela Time, a trama aborda Queenie Jenkins, jovem jamaicana-britânica e única mulher negra trabalhando em um grande jornal de Londres. Ao ver sua vida totalmente confusa após o fim do relacionamento com um parceiro branco, ela busca conforto em todos os lugares possíveis e se envolve com vários homens.

Ao tentar recuperar a autoestima, Queenie luta para enfrentar seus demônios e nos guia por uma aventura com tenacidade e humor incomparáveis, a fim de provar que a vida da mulher negra é tão importante quanto as outras.

Eu sei por que o pássaro canta na gaiola, Maya Angelou

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ingrid ✊🏾💜 (@livrospretonobranco)

A vida de Marguerite Ann Johnson foi marcada por três palavras: racismo, abuso e libertação. Negra e criada no sul pela avó paterna, apenas a literatura e as palavras foram capazes de livrá-la dos enormes fardos impostos a ela pela vida.

Com uma escrita poderosa, Maya Angelou resgata suas memórias e transforma aqueles que leem sua obra.

Poesia Completa, Maya Angelou 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Grace Monteiro Dornelas (@arteaoseuredor)

Através de sua ilustre carreira na Literatura, Maya Angelou presenteou, curou e inspirou o mundo com suas palavras. Agora, a beleza dessas palavras vivem nesta nova e completa coleção de poesia que reflete e honra a vida notável da escritora.

Diácono King Kong, James McBride

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Coisas de Mineira 🇧🇷 (@coisasdemineira)

Em setembro de 1969, o velho Diácono, atrapalhado, excêntrico e conhecido na vizinhança como Paletó, sai cambaleando pelo pátio do Projeto Habitacional Causeway no sul do Brooklyn, tira uma arma calibre 38 do bolso e, na frente de todo mundo, atira à queima-roupa no traficante local.

A obra traz uma trama divertida, perspicaz e surpreendente a partir do tiro em um traficante de drogas do Brooklyn e sob o olhar das pessoas que testemunharam o ocorrido.

A história de Barack Obama, Tonya Leslie

Mesmo com o preconceito contra a cor de sua pele, Barack Obama cresceu sentindo-se livre para sonhar e ser o que quisesse. Foi por isso que ele se tornou presidente dos Estados Unidos, o primeiro negro a assumir esse importante cargo. O livro reúne fatos de sua trajetória.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade