PUBLICIDADE

Hotel de luxo fechado em SP teve cena de suicídio de vilã

Maksoud Plaza recebeu hóspedes famosos, shows históricos e serviu de cenário para várias produções de TV

8 dez 2021 13h13
| atualizado às 13h18
ver comentários
Publicidade
O agora lendário Maksoud Plaza, onde a Ângela de ‘Torre de Babel’ se matou
O agora lendário Maksoud Plaza, onde a Ângela de ‘Torre de Babel’ se matou
Foto: Divulgação

O Brasil parou diante da TV na noite de 14 de janeiro de 1999 para assistir ao penúltimo capítulo de ‘Torre de Babel’. Todos queriam conferir o final de Ângela, a grande vilã do novelão das 21h da Globo.

Na aguardada cena, ela faz refém o menino Guiminha (Felipe Latgé) e ameaça jogá-lo no vão interno de um hotel 5 estrelas, a mais de 50 metros do chão.

Cercada pela polícia, a malvada fica diante de Henrique (Edson Celulari), por quem sempre foi apaixonada, sem nunca ter sido correspondida.

O executivo tenta convencê-la a soltar o garoto. De repente, Guiminha morde a mão de Ângela e consegue correr. Tomada por ódio, a bandida entra em desespero.

“Eu odeio vocês. Odeio!”, diz, com lágrimas escorrendo. Ela então se atira para a morte. O corpo cai rapidamente até se espatifar no lobby do hotel. Final dramático de uma das melhores personagens de Claudia Raia na TV.

O cenário do desfecho foi o Maksoud Plaza, hotel outrora luxuoso fechado na terça-feira (7), após longa crise financeira e uma guerra entre membros da família fundadora.

Localizado a uma quadra da Av. Paulista, o prédio foi sinônimo de sofisticação nas décadas de 1980 e 1990. Recebia hóspedes endinheirados e artistas.

Por ali passaram Mick Jagger, David Bowie, Diana Ross, Julio Iglesias, Margaret Thatcher, Rainier III, entre outros. O palco do teatro, no subsolo, teve shows históricos, como o de Frank Sinatra.

Os restaurantes e bares do Maksoud estavam sempre lotados. Na cobertura, sob o heliponto, funcionaram baladas. As pessoas iam para ver e ser vistas. O hotel era, como se dizia antigamente, um ‘point’ da ‘high society’.

Em suas quatro décadas de funcionamento, e especialmente na fase áurea, serviu de cenário para novelas, filmes, comerciais e ensaios fotográficos.

Ali foram gravadas cenas de sucessos da teledramaturgia, como ‘Ti Ti Ti’, 'O Negócio' e ‘Verdades Secretas’. O fim melancólico do Maksoud Plaza deixa São Paulo um pouco menos charmosa. Mesmo decadente, o hotel era uma preciosidade a quem ama a cidade.

No link, veja a cena em que Ângela morre em ‘Torre de Babel’.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade