0

Sete curiosidades de bastidores sobre 'Emily in Paris'

Série estrelada por Lily Collins produz fãs e críticos por conta da visão romantizada de Paris e da vida em geral

15 out 2020
13h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Amada e odiada, ‘Emily in Paris’ se tornou rapidamente uma das produções de comédia mais vistas da história da Netflix. Em vários países, inclusive no Brasil, integrou o Top 10. Elogiada pelo figurino e criticada pelos clichês sobre os franceses, a série possui detalhes interessantes atrás das câmeras. Selecionamos alguns.

A série foi gravada a partir de agosto de 2019, com cenas externas em Chicago e Paris, e em um estúdio na lendária Cité du Cinéma, em Saint-Denis, nos arredores da capital francesa. Na maior parte do tempo, a protagonista Lily Collins, 31 anos, teve a companhia do noivo, o cineasta californiano Charlie McDowell, 37. Os dois aderiram a um hábito dos casais parisienses: andar juntos em um mesmo patinete motorizado. Foi assim que eles circularam por várias regiões turísticas da cidade.

Lily Collins virou a celebridade do momento em razão do frenesi em torno de sua personagem Emily
Lily Collins virou a celebridade do momento em razão do frenesi em torno de sua personagem Emily
Foto: Divulgação

A atriz Philippine Leroy-Beaulieu, que interpreta a vilã Sylvie, é apaixonada por música brasileira e sabe um pouco de português. Ela gosta especialmente de MPB e bossa nova. Conhece o repertório de artistas como Gilberto Gil, Djavan e João Gilberto. Na série, sua personagem - uma típica francesa naturalmente sofisticada - despreza estrangeirismos. O curioso é que Philippine não nasceu na França, e sim em Roma, onde morou até os 16 anos. O pai dela, o também ator Philippe Leroy-Beaulieu, hoje com 89 anos, fez longa carreira no cinema italiano.

No papel de Camille, amiga e rival de Emily na disputa por Gabriel, a atriz Camille Razat esbanja doçura e sensibilidade. Bem diferente de quem a vê praticando boxe. Ela é adepta do esporte há algum tempo. “É uma das minhas coisas favoritas no mundo”, afirma. Na companhia de um treinador, pratica os exercícios de combate em casa, numa academia e até na rua, ao ar livre. O esporte mantém sua boa forma em 1,70m de altura.

Entre os atores franceses de ‘Emily in Paris’, William Abadie, intérprete do perfumista Antoine, é quem tem carreira internacional de maior destaque. Ele passa temporadas nos Estados Unidos desde a década de 1990, quando se formou no prestigiado The Lee Strasberg Theater Institute, em Nova York. Fez participações em séries de sucesso como ‘Sex And The City’, ‘ER’ (Plantão Médico), ‘Gossip Girl’, ‘Homeland’ e ‘Gotham’.

Acima, Lily com o namorado, Charlie McDowell, a fachada do prédio de Emily e a protagonista com a amiga Mindy; abaixo, a terrível Sylvie, o chef-galã Gabriel e a livraria localizada na praça onde cenas da série foram rodadas
Acima, Lily com o namorado, Charlie McDowell, a fachada do prédio de Emily e a protagonista com a amiga Mindy; abaixo, a terrível Sylvie, o chef-galã Gabriel e a livraria localizada na praça onde cenas da série foram rodadas
Foto: Reprodução

No quarto episódio, ‘A Kiss is Just a Kiss’ (Um beijo é apenas um beijo’), o chef Gabriel prepara uma omelete para Emily. A diretora Zoe Cassavetes fez o ator Lucas Bravo realmente encarar o fogão. Antes de optar pela carreira artística, ele foi sous-chef (o segundo na hierarquia de comando de uma cozinha profissional) em restaurantes. O prato preparado pelo galã recebeu elogios de quem o provou, inclusive a protagonista Lily Collins.

O prédio onde Emily mora fica no número 1 da Place de l´Estrapade, no 5º arrondissement de Paris. O edifício construído em 1775 se chama Maison Moreau. No lado esquerdo da charmosa praça fica a Librairie Portugaise et Brésilienne (Livraria Portuguesa e Brasileira), inaugurada em 1986 pelo professor francês Michel Chandeigne, que morou alguns anos em Lisboa.

Na série, a melhor amiga de Emily em Paris é a chinesa Mindy, interpretada por Ashley Park. A atriz é, na verdade, americana da Califórnia e descendente de coreanos. Ela decidiu entrar no meio artístico após enfrentar uma leucemia mieloide aguda. Colabora com várias campanhas beneficentes e meses atrás participou de passeatas do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) em Nova York.

 

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade