0

Globo quer recuperar prestígio e audiência com novas novelas

Cúpula da emissora acredita que Órfãos da Terra e A Dona do Pedaço vão minimizar crise de criatividade de produções recentes

17 mar 2019
14h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O departamento de teledramaturgia da Globo está em contagem regressiva para o fim de Espelho da Vida e O Sétimo Guardião.

As duas novelas têm audiência abaixo do esperado, foram rejeitadas por boa parte dos noveleiros em razão da inconsistência dramatúrgica e geraram numerosas críticas negativas na imprensa.

A trama das 18h30, de Elizabeth Jhin, termina no próximo dia 8 com média geral de 17 pontos, bem abaixo das antecessoras – e 3 pontos a menos do que a criação anterior da autora, Além do Tempo (2015).

Amadeu (Marcos Palmeira) e Maria da Paz (Juliana Paes), protagonistas de A Dona do Pedaço, próximo novelão das 21h na Globo
Amadeu (Marcos Palmeira) e Maria da Paz (Juliana Paes), protagonistas de A Dona do Pedaço, próximo novelão das 21h na Globo
Foto: Divulgação / TV Globo

Novelas com temática espiritualista são interessantes e atraem curiosidade, mas a falta de personagens carismáticos e capítulos repetitivos prejudicaram Espelho da Vida. A dinâmica entre o presente e a vida passada funcionou apenas na reta final.

A substituta será Órfãos da Terra, de Thelma Guedes e Duca Rachid. A dupla de dramaturgas escreve folhetins com riqueza histórica e bom desenvolvimento, sem aquela enrolação que irrita o telespectador. Exemplo disso é Cordel Encantado (2011), atual reprise do Vale a Pena Ver de Novo.

O enredo a respeito de imigrantes sírios da nova produção mostra-se contemporâneo e pertinente. Situar uma história de amor no meio da guerra e depois transferi-la ao Brasil resulta em boa premissa.

Na faixa das 21h30, a mais importante e lucrativa do horário nobre, O Sétimo Guardião, de Aguinaldo Silva, reverteu parte da queda no Ibope.

A média dos primeiros 100 capítulos foi de 28 pontos. Esse desempenho apenas mediano rompeu boa fase numérica estabelecida por Segundo Sol (33 pontos), O Outro Lado do Paraíso (38) e A Força do Querer (36).

O próximo novelão das 21h, A Dona do Pedaço, entra no ar em 20 de maio. O autor, Walcyr Carrasco, é uma espécie de curinga na Globo.

Ele sempre tira o canal de situações complicadas. Foi assim quando assumiu a escrita de Esperança, em 2002, após o afastamento para tratamento médico do titular Benedito Ruy Barbosa.

Em produções como Amor à Vida (2013), Êta Mundo Bom (2016) e O Outro Lado do Paraíso (2017), Carrasco produziu crescimento de audiência nos respectivos horários.

Com curtíssimos períodos de férias, o autor está sempre disponível para socorrer a teledramaturgia global. Espera-se que agora faça a faixa das 9 da noite voltar à média desejada, em torno de 35 pontos.

Veja também

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade