0

DJ negra e trans, Honey Dijon é destaque de festival em SP

A segunda edição do festival alemão Time Warp, de Techno e House, acontecerá entre os dias 15 e 16 de novembro no Anhembi

7 nov 2019
09h00
atualizado às 10h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Entre os dias 15 e 16 de novembro, São Paulo terá a segunda edição do festival alemão Time Warp, que promete o melhor do Techno e do House mundial. O evento, organizado pela agência Entourage, recebe mais de 20 artistas nacionais e internacionais no Sambódromo do Anhembi.

Um dos destaques é a DJ Honey Dijon. Mulher trans e negra, a ativista do movimento LGBTQ+ se tornou uma das sensações do momento na cena eletrônica mundial, sobretudo da House Music. 

Nascida em Chicago, berço do gênero, a artista transsexual defende que a House Music significa amor, diversidade e celebração. 

DJ Honey Dijon, mulher trans e negra, é uma das sensações do momento na cena eletrônica mundial
DJ Honey Dijon, mulher trans e negra, é uma das sensações do momento na cena eletrônica mundial
Foto: Divulgação

A música eletrônica entrou na vida de Honey Dijon muito cedo. Aos 12 anos, saia escondida para as boates para conhecer os lançamentos da cena. Foi frequentando clubs majoritariamente negros e gays que conheceu a cena underground e desenvolveu um faro apurado para o gênero. 

Sua carreira profissional como DJ começou no final dos anos 90, quando se mudou para Nova York e se encantou com o universo da música alternativa local (House, Techno e Punk Rock) e o movimento queer. Na cidade, fez amizades que projetaram sua carreira tanto na música quanto na moda. Nesta lista se encontram Virgil Abloh, estilista da Louis Vuitton e fundador da Off-White, Kim Jones, diretor artístico da Dior, e a modelo brasileira Lea T.

1º dia de festival

No dia 15 de novembro, sexta-feira, o primeiro dia do festival terá a noite comandada por diversos talentos expoentes e consagrados da cena Techno mundial. O line-up conta com Amelie Lens, ANNA, The Black Madonna, DJ Koze, Ricardo Villalobos, Richie Hawtin e Rødhåd; além de Gop Tun DJs, Eli Iwasa, Millos Kaiser, RHR e Tessuto. 

2º dia de festival

Em 16 de novembro, sábado, segundo dia de festival, será comandado por diversos artistas, expoentes e consagrados, da cena de House mundial. Além de Honey Dijon, o line-up conta com Axel Boman, BLOND:ISH, Denis Sulta, Jamie Jones, L_cio, Pan-Pot, Peggy Gou, Davis, DJ Renato Cohen, Fatnotronic e Trepanado. 

Os ingressos para os dias 15 e 16 de novembro podem ser adquiridos no Eventbrite. Para mais informações, acompanhe o evento oficial no Facebook.

Veja também

Valesca: "Nasci de um útero feminista, de uma guerreira"

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade