0

Compositor Tito Madi morre aos 89 anos no Rio

Ele estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, em decorrência de uma pneumonia e de problemas renais

26 set 2018
11h32
atualizado às 11h44
  • separator
  • comentários

O compositor Tito Madi morreu na manhã desta quarta-feira, 26, no Rio. Ele tinha 89 anos e estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, havia doze dias, em decorrência de uma pneumonia e de problemas renais. Madi teve um acidente vascular cerebral em 2008 e desde então se deslocava de cadeira de rodas. Estava consciente, segundo a filha, Carmem Maddi Bulcão, contou ao Estado.

Tito Madi, cantor e compositor brasileiro
Tito Madi, cantor e compositor brasileiro
Foto: Arquivo / Estadão

"Pouco antes de se internar ele teve uma grande alegria, que foi receber o CD da Nana Caymmi com músicas dele. Foi um CD inacabado que o produtor levou. Ficou muito realizado", relatou Carmem. "Meu pai foi o melhor que alguém pode ter. Mesmo com a carreira, muitas viagens, fazia questão de acompanhar tudo da vida dos filhos e dos netos. Gostava de falar dos momentos de auge, mas também não dormia sem saber se todos já estavam em casa."

Mesmo debilitado, o compositor de Balanço Zona Sul e Chove Lá Fora chegou a fazer shows em 2015, para o lançamento do CD Quero Te Dizer Que Eu Amo, gravado com o pianista Gilson Peranzzetta. Na ocasião, teve participações de artistas como Leny Andrade e Áurea Martins. Tito nasceu na pequena Pirajuí (SP) em 1929 e começou sua carreira em 1952, como cantor da Rádio Tupi de São Paulo.

Veja também:

Ravióli com peru, música e bombas: o Natal dos pracinhas em 1944

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade