0

7 coisas que o músico pode fazer durante a crise do coronavírus

20 mar 2020
07h46
atualizado em 23/3/2020 às 08h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao longo dos últimos dias, como você já sabe, o mundo está em alerta por causa da pandemia do coronavírus, também chamado COVID-19. O momento requer muita atenção. Acontece que além dos cuidados com a saúde, o músico pode fazer uma porção de coisas durante o período de quarentena.

Como você já pode imaginar, o texto de hoje reúne algumas dicas para que seu lado musical fique ativo durante esse período de isolamento. Ao longo de nossa conversa, te aplico 7 dicas sobre cosias que você pode fazer para manter seu lado musical ativo. Em vez de levar as mãos à cabeça, em desespero, a classe artística pode pensar criativamente.

Bora lá conferir esse rolê?

1. Enviar conteúdo para o Cifra Club

O Cifra Club é uma plataforma colaborativa, ou seja, dependemos de sua ajuda para oferecermos ao mundo o mais completo banco de cifras. Durante a quarentena, você pode tirar um tempinho e enviar as cifras que ainda não temos de sua banda favorita!

2. Conhecer bandas novas

Pensar fora da caixa sempre é importante, concorda? Com a correria do dia a dia, no entanto, a gente acaba não reservando muito tempo para curtir o trabalho de novos artistas. Então, meu amigo e minha amiga, que tal desbravar o admirável mundo das novas músicas?

Monstro Extraordinário é uma das excelentes bandas da novíssima música brasileira (Foto - Divulgação/Camila Caldas)

Você pode, por exemplo, mergulhar no Palco MP3, a maior plataforma de música independente do Brasil. Além disso, que tal conferir esta lista de uma galera que tem feito bonito na nova cena autoral?

3. Organizar shows remotos

Já que não é recomendável agrupar muita gente em locais fechados, você pode usar a internet e as redes sociais para fazer um som. Neste cenário, conforme você pode imaginar, as possibilidades são muitas. Veja só:

  • se você for um artista solo, a live pode ser no formato voz e violão
  • se você tiver uma banda se todos os membros estiverem bem de saúde, façam um som no estúdio e transmitam de lá
Leia também: 7 passos para o músico sobreviver à crise do coronavírus

4. Aprender a tocar um novo instrumento

Todo dia é dia de encarar os desafios de aprender a tocar um novo instrumento. E se o seu interesse for o mundo mágico das cordas, o Cifra Club tem vários cursos gratuitos e online. A seguir, vou te contar um pouquinho sobre cada um deles

Curso de viola caipira

A viola é um ícone da cultura brasileira. Afinal de contas, esse belo instrumento é uma das ferramentas que embalam as alegrias e anseios dos nossos irmãos do sertão e do campo.

O curso de viola do Cifra Club foi desenvolvido em parceria com a Rozini, empresa brasileira que fabrica instrumentos de cordas acústicos. As aulas são apresentadas pelo violeiro Zé Helder, músico dono de experiência acadêmica fora do comum. De acordo com o conteúdo programático, você vai aprender como escolher seu instrumento, afinações, repertório, entre outros fundamentos.

Curso de ukulele

Em uma dobradinha com a Kalani Ukuleles, empresa brasileira que fabrica ukuleles, o Cifra Club lançou um curso de ukulele bem bacana. As aulas são conduzidas pela educadora musical Luana Mascari, que também é pianista, tecladista, cantora e compositora.

Ao longo das aulas, além de compreender a anatomia do instrumento, você também aprende sobre afinação, cifras e, de quebra, ainda toca músicas. Confira o conteúdo completo do curso de ukulele do Cifra Club, pois esse rolê é um sucesso é garantido!

Curso de violão

Depois de "20 e poucos anos" colaborando com o aprendizado da galera das cordas, o Cifra Club deu uma guinada para fortalecer seu papel nos estudos musicais. Em uma tacada inovadora, o site reuniu os instrutores Leo Eymard e Gustavo Fofão em um curso de violão online e 100% gratuito.

O curso começa do zero, isto é, com conteúdo voltado para iniciantes. Porém, você pode acessar qualquer uma das aulas disponíveis. O objetivo final fazer com que você feche um ciclo de aprendizado na condição de "Rei da rodinha de violão", isto é, o cara que vai animar todas as festas, viagens com galera, acampamentos e e luaus. Vem aprender a tocar violão com o curso online do Cifra Club!

Outros cursos do Cifra Club

Pensou que os cursos do Cifra Club acabaram na listinha acima? Sabe de nada, inocente! Se quiser ampliar ainda mais os seus conhecimentos, saiba que o site também tem conteúdos para quem quer tocar pandeiro ou aprender a fazer gospel chops na bateria. Mas para quem quer aprender fundamentos técnicos, o curso de áudio do Cifra é imperdível!

5. Começar a compor suas próprias músicas

Se você acredita na música autoral, mas ainda não escreve, chegou a hora de investir em suas próprias canções. O momento, inclusive, é perfeito para pensar em letras que despertem reflexões e conscientizações. Se precisar de algumas dicas para tirar suas músicas do campo das ideias, o blog do Palco MP3 tem o texto ideal

6. Aprofundar nos estudos

Já que durante uma quarentena o ideal é ficar a maior parte do tempo em casa, você terá umas boas horinhas a mais para aprofundar nos estudos.

Que tal, então, desbravar os fundamentos mais difíceis? Se você toca violão, chegou a hora de encarar o desafio de tocar músicas de um nível mais avançado.

7. Maratonar a série Fofão na Estrada

No finalzinho de 2019, o Cifra Club lançou a série Fofão na Estrada. Acompanhado pelos fieis escudeiros da Banda Taverna, o meu amigo Gustavo Fofão aprontou mil e uma aventuras no Canadá.

E para melhorar tudo, além de curiosidades, diversão e entretenimento, o conteúdo não deixa a música de lado. Nesses tempos de pandemia, as aventuras do Fofão na Estrada são ótimas alternativas para que a gente não perca a alegria e nem a ternura.

Saiba mais sobre o coronavírus

Interrompemos nossa conversa sobre música para abordamos uma questão de utilidade pública: 

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, esteve em Belém (PA), nesta quarta-feira (18), para encerramento da capacitação dos 27 laboratórios públicos do país. Na ocasião, o secretário afirmou que as medidas para enfrentamento ao coronavírus são de responsabilidade de todos.

"Estamos sendo testados o tempo todo de um desafio que é mundial e o Brasil tem se mostrado capaz, mesmo sendo um país que é continental. Fazemos parte de uma única equipe e estamos fazendo esse trabalho a várias mãos, discutindo com os estados e com os municípios", observou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira.

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Veja também:

Cifra Club
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade