0

Veja astros que enfrentaram a pobreza antes da fama

25 ago 2010
08h12

Nem todo mundo tem a sorte grande de nascer em berço de ouro, como aconteceu, por exemplo, com a cantora Sandy Leah. Ela mesma reconheceu, durante o último Domingão do Faustão, que o pai, o Xororó da dupla com Chitãozinho, passou por muitas dificuldades até conseguir garantir o conforto que hoje a família desfruta. "Eu nunca passei fome porque meu pai passou antes e fez tudo o que ele pôde para que eu não passasse também".

As duplas sertanejas, em geral, passaram maus bocados antes de alcançarem a fama, indo da roça para a cidade grande tentar a vida e mostrar seu talento. Zezé Di Camargo e Luciano são outro exemplo. Suas vidas renderam o filme Dois Filhos de Francisco, que contou a infância sofrida dos garotos e se tornou sucesso de bilheteria.

A lista dos que nasceram pobres e acabaram ficando ricos é grande. Alexandre Pires, quando criança, morava numa casa de fundos em Uberlândia (MG) e, mesmo depois de formar a grupo Só Pra Contrariar, continuou a passar sufoco. Teve que continuar trabalhando numa lavanderia até a banda engrenar. Outra que viveu momentos difíceis foi Ivete Sangalo. Quando morreu o pai, a cantora teve entregar marmitas em Salvador para complementar a renda familiar.

Fábio Junior, antes de fazer sucesso, foi entregador de jornal. O cantor e compositor Chico Buarque, que na música ainda arrebata os corações apaixonados, trabalhou como topógrafo, aquele profissional que avalia terrenos e suas nivelações.

Luiza Brunet, filha de lavrador e de uma dona de casa, nascida no Mato Grosso do Sul, teve que trabalhar como babá, empregada doméstica, empacotadora e vendedora de loja quando os pais decidiram tentar a sorte no Rio de Janeiro.

E na lista dos estrangeiros, outros tantos. Mariah Carey, que causou o maior furor nos fãs em sua passagem por São Paulo, por conta do show em Barretos no fim de semana, quem diria, já foi assistente de cabeleireiro. Outra cantora que veio de baixo foi Shania Twain. Ao ficar órfã de mãe e padrasto aos 21 anos, teve que sustentar os três irmãos mais novos com o dinheiro que ganhava cantando em resorts.

A 'linda mulher' Julia Roberts deve ter conquistado fregueses fiéis para a sorveteria onde trabalhou como atendente. O ator africano Djimon Hounsou, que contracenou com Leonardo DiCapro em Diamante de Sangue e até ganhou prêmio de ator coadjuvante, mudou-se para Paris aos 13 anos com o irmão para fugir da fome. Acabou vivendo nas ruas por um bom tempo até ser descoberto por um designer de moda e virar modelo.

A hoje milionária J.K. Rowling, autora de Harry Potter, morou em casa do governo do Reino Unido e escreveu seu primeiro livro da série à mão, só conseguindo comprar uma máquina de escrever para passar os rascunhos a limpo depois que ganhou um pequeno prêmio por seus trabalhos literários.

A apresentadora Oprah Winfrey foi criada pela avó materna até os seis anos de idade, passando a viver posteriormente com a mãe, que trabalhava de empregada doméstica. Segundo a Forbes, Oprah tem hoje um patrimônio de, nada mais, nada menos, US$ 2,7 bilhões.

Mais nova de quatro irmãos, a estrela de Sex and The City Sarah Jessica Parker sofreu na infância com a geladeira vazia, principalmente depois que a mãe, uma dona de casa, ao se separar do pai da atriz, resolveu ter outros quatro filhos com um caminhoneiro. Hoje, Sarah declara uma fortuna de US$ 130 milhões.

Depois da morte do pai, Jim Carey teve de trabalhar como porteiro e segurança para ajudar a pagar as contas em casa. Tom Cruise, que na época do divórcio de Nicole Kidman, em 2003, era possuidor de declarados US$ 250 milhões, teve que mudar várias vezes de cidade na infância, em detrimento da educação escolar, porque a mãe, que cuidava do filho sozinha, não conseguia arrumar emprego.

Por conta da vida insana de pais alcoólatras, Demi Moore cresceu em um trailer, feito nômade, passando de cidade em cidade porque os pais não conseguiam se estabelecer em lugar algum. Começou a modelar aos 16 anos, casou-se aos 18 com o músico Freddie Moore (de quem adotou o sobrenome para a vida artística) e hoje tem estimados US$ 75 milhões. Vive com o bonitão Ashton Kutcher e de vez em quando dá algum vexame, como o da semana passada, quando circulou decomposta pela rua depois de beber um pouco a mais. Mas, com tanto dinheiro no bolso, não devem faltar motivos para comemorar. Nem para sair um pouco da linha.

Filho de mãe solteira, Tom Cruise viveu de cidade em cidade porque a mãe não conseguia emprego
Filho de mãe solteira, Tom Cruise viveu de cidade em cidade porque a mãe não conseguia emprego
Foto: Pascal Le Segretain / Getty Images
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade