0

Maju Coutinho diz que 'deu pânico' em estreia no 'JN'

Apresentadora comentou, ainda, que faz terapia há 20 anos e que isso a ajuda a lidar com comentários negativos

17 mar 2019
17h34
atualizado às 17h38
  • separator
  • comentários

Maju Coutinho afirmou neste sábado, 16, durante participação no programa Altas Horas, que se sentiu nervosa na sua estreia no Jornal Nacional. Há um mês, a apresentadora da previsão do tempo sentou na bancada do noticiário ao lado de Rodrigo Bocardi para levar as informações ao público.

"Eu acho que quando a música [de abertura] começou... começou a me dar um pânico, comecei a lembrar do jornal que eu assistia desde pequena e tudo que eu passei e, de repente, eu ali, 'agora não dá para fugir'", descreveu Maju.

Maju Coutinho estreou no 'Jornal Nacional' em fevereiro de 2019.
Maju Coutinho estreou no 'Jornal Nacional' em fevereiro de 2019.
Foto: 'Altas Horas' (2019) / Reprodução / Estadão Conteúdo

Quando Serginho Groisman abriu para perguntas da plateia, uma jovem questionou como a apresentadora lida com possíveis comentários negativos, como faz para ser esse "ícone".

"Eu tenho um trabalho interno já que vem de um bom tempo. Eu venho de uma família de mulheres fortes e eu faço terapia há 20 anos. Então, acho que isso me ajudou muito a me blindar, me proteger e seguir em frente, fechar os ouvidos quando as bobagens são ditas ou quando coisas criminosas são ditas eu também sei como agir", disse.

Maju reforçou que o autoconhecimento e o autocuidado são o caminho para erguer a cabeça diante desses acontecimentos. "[Mas] Tenho meus momentos de fraqueza, também não gosto de ser tida como a guerreira. Tenho meus momentos de fraqueza e dor, mas acho que a terapia e o autoconhecimento foram os caminhos mesmo que me levaram para isso que você percebe", completou.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade