PUBLICIDADE

"Eu estive muito perto de morrer", diz Phil Collins

Cantor enfrentou vários problemas de saúde nos últimos anos

14 jun 2021 13h17
| atualizado às 13h21
ver comentários
Publicidade

Phil Collins, um dos grandes nomes da música em todos os tempos, dono de inúmeros hits, teve uma carreira irrretocável: grandes sucessos, estádios lotados e milhares de fãs em todo o mundo. Contudo, passou vários anos lutando contra problemas de saúde.

Foto: Warner Music / The Music Journal

Quando completou 70 anos, Phil Collins passou a conviver com sérios problemas de saúde, que incluíam uma lesão de vértebra na parte superior do pescoço, lesão nervosa incapacitante, quedas e até uma pancreatite aguda - esta, como resultado de seu vício em bebidas, depois que seu casamento com Orianne Cevey, de 47 anos, entrou em crise e, consequentemente, resultou em um desenlace.

"Em alguns meses, você está bebendo vodca da geladeira pela manhã e caindo na frente das crianças, sabe", disse Phil Collins em uma entrevista coletiva em 2016, de acordo com o site britânico Express. "Mas foi algo que eu vivi e tive sorte de passar por isso. Eu estava muito perto de morrer".

Outro problema grave de saúde que Phil Collins enfrentou em 2012, quando foi levado às pressas para um hospital suíço com pancreatite aguda. Pessoas com esse cenário, podem desenvolver complicações que podem levar à morte.

"Meus órgãos estavam meio fod****", lembra Phil Collins. "Eram destilados, material corrosivo".

Mesmo se recuperando de todos esses problemas físicos, Phil Collins deve se apresentar ao lado de seus amigos de longa data do Genesis para uma série de shows especiais nos próximos meses.

 
The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade