PUBLICIDADE

Chadwick Boseman, ator de 'Pantera Negra', morre aos 43 anos

Ele tratava um câncer de cólon havia quatro anos, segundo a família

28 ago 2020 23h44
| atualizado em 29/8/2020 às 10h33
ver comentários
Publicidade

Morreu nesta sexta-feira, aos 43 anos, o ator americano Chadwick Boseman. Mais conhecido por protagonizar os filmes do 'Pantera Negra', da Marvel Studios, Boseman também interpretou o músico James Brown e o jogador de beisebol Jackie Robinson no cinema. Seu empresário informou que ele não resistiu ao tratamento de um câncer de cólon.

Chadwick Boseman morreu aos 43 anos
Chadwick Boseman morreu aos 43 anos
Foto: Sthanlee B. Mirador/Sipa USA / Reuters

O ator foi diagnosticado com câncer há quatro anos, afirmou a família em um comunicado. "Um verdadeiro batalhador, Chadwick resistiu durante todo o processo e levou a vocês muitos filmes que vieram a amar", afirma a nota. "Vários filmes foram gravados durante e entre muitas cirurgias e tratamentos de quimioterapia. Foi a honra de sua carreira dar vida ao King T'Challa em 'Pantera Negra'", disse a família.

Boseman nunca falou publicamente sobre a doença. O ator morreu em sua casa, na região de Los Angeles, ao lado da mulher e outros familiares. Ele completaria 44 anos em 29 de novembro. Nascido na Carolina do Sul, filho de uma enfermeira e de um empresário da indústria de tapeçaria, Boseman tinha raízes em Serra Leoa, na África ocidental.

'Pantera Negra' ambientado no reino fictício de Wakanda, foi adorado pela crítica e pelo público, e se tornou o primeiro filme baseado em quadrinhos a concorrer na categoria de Melhor Filme no Oscar. O longa foi celebrado como um momento cultural importante por seu elenco majoritariamente negro e por subverter os estereótipos ao mostrar um país africano próspero que acolhe refugiados e estende sua cultura e tecnologia às nações mais pobres.

No início da carreira, Boseman interpretou os ícones negros Jackie Robinson, em '42', e James Brown, em 'Get on Up'.

Chadwick Boseman, de 'Pantera Negra', morre aos 43 anos:

Veja também: 

Harry Styles e Dua Lipa recusam convite do VMA 2020:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade