PUBLICIDADE

Carlinhos Maia é criticado por filmar funcionárias limpando coqueiros sem proteção

Internautas se preocuparam com segurança das trabalhadoras em parte alta da casa do influenciador

3 abr 2024 - 15h50
(atualizado às 15h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Carlinhos Maia entrou em polêmica ao gravar funcionárias limpando coqueiros sem equipamento de proteção. O uniforme das funcionárias, que trazia o nome do influenciador, também foi alvo de críticas nas redes sociais.
Carlinhos Maia é criticado por falta de proteção de segurança em funcionárias
Carlinhos Maia é criticado por falta de proteção de segurança em funcionárias
Foto: Reprodução/Instagram

Veterano em 'cancelamento' na internet, Carlinhos Maia entrou em mais uma polêmica nesta quarta-feira, 3. Acostumado a mostrar sua rotina através dos stories do Instagram, o influenciador filmou duas funcionárias limpando os coqueiros de sua casa. O que chamou atenção, no entanto, foi a falta de um equipamento de proteção para as trabalhadoras. A negligência gerou uma enxurrada de críticas nas redes sociais.

No vídeo em questão, Carlinhos Maia grava as funcionárias enquanto dá orientações. "Isso! Não quero ver ninguém parado, não. Limpando os coqueiros, vai segurando aí, depois passa pro próximo, e assim vai", diz. No registro, uma das mulheres dá a mão para a outra, que está com um pano limpando a planta.

O momento postado pelo influenciador para os mais de 30 milhões de seguidores logo se espalhou pela internet. No X (antigo Twitter), um internauta comentou: "Isso é absurdo em tanto níveis...". Outra questionou: "Como pode a pessoa ainda filmar isso achando bonito?". 

Confira momento: 

Depois da repercussão do vídeo, as roupas das funcionárias também passaram a chamar a atenção do público. Isso porque os uniformes usados por elas contam com um bordado com as siglas do nome de Carlinhos e Lucas Guimarães, seu marido. 

Diferente da falta de segurança na limpeza dos coqueiros que indignou a maioria dos internautas, o caso dos uniformes dividiu opiniões. Na mesma rede social, um perfil escreveu: "Acho um exagero desnecessário fazer os funcionários virarem outdoor ambulante dos patrões". 

Porém, boa parte dos seguidores do humorista garantiram que usar a vestimenta personalizada foi uma escolha das próprias funcionárias. "Carlinhos não obrigou ninguém, elas mesmas quiseram usar", defendeu um internauta.

Com toda a repercussão, o influenciador veio à público se pronunciar sobre o assunto. No X, ele ironizou os comentários negativos: "Gente, relaxa, não estou contratando, tá? Fiquem em paz e voltem para o trabalhinho de vocês", escreveu.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade