PUBLICIDADE

Amber Heard diz que ainda ama Johnny Depp

Em 1º de junho, a atriz perdeu um processo de difamação aberto por Johnny Depp no estado americano da Virgínia

15 jun 2022 - 18h25
(atualizado às 20h42)
Ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/FilmDistrict / Pipoca Moderna

Mesmo depois de todas suas denúncias de violência, Amber Heard disse que ainda ama Johnny Depp. A declaração foi feita na nova parte da entrevista da atriz ao programa "Today", da rede NBC.

Heard deu sua primeira entrevista, após ser condenada a indenizar Depp por difamação, à apresentadora Savannah Guthrie, que a questionou sobre sua declaração de amor, feita durante o julgamento. Em parte do depoimento, Heard disse: "Ainda tenho amor por Johnny".

A jornalista perguntou se ela realmente nutria amor pelo ex-marido e a atriz de "Aquaman" não hesitou: "Absolutamente. Eu o amo. Eu o amava com todo o meu coração. Eu tentei o melhor que pude para fazer um relacionamento profundamente quebrado funcionar. E eu não podia. Não tenho nenhum ressentimento ou má vontade em relação a ele".

Ela ainda tentou justificar sua declaração: "Eu sei que pode ser difícil de entender, ou pode ser muito fácil de entender. Se você já amou alguém, deve ser fácil".

Apesar dessa declaração, a atriz manteve sua afirmação de que teria sido vítima de violência doméstica. "Mantenho cada palavra do meu testemunho até o dia da minha morte", ela afirmou, na primeira parte da entrevista.

A entrevista está sendo exibida em três partes, mas vai ser transmitida na íntegra no "Dateline", na mesma emissora do programa "Today", na noite de sexta-feira (17/6).

Em 1º de junho, a atriz perdeu um processo de difamação aberto por Johnny Depp no estado americano da Virgínia. O ator ajuizou ação por causa de um artigo que ela publicou no jornal Washington Post, descrevendo-se como uma "figura pública que representa a violência doméstica". Ele também foi considerado culpado de difamar a esposa, mas, no final das contas, saiu-se vitorioso no âmbito financeiro, com um veredito que lhe rendeu direito a uma indenização de US$ 8,35 milhões.

Com a impulsão de sites da extrema direita dos EUA, a opinião pública favoreceu fortemente Depp sobre Heard, tratando-o como um herói popular, ao mesmo tempo em que ela foi retratada como mentirosa ou pior em inúmeros memes e vídeos do TikTok.

A advogada da atriz pretende usar esta influência da opinião pública para recorrer do veredito. Já os advogados do ator passaram a circular a informação de que ele poderia desistir da indenização, numa sugestão para que Heard não recorra da sentença, que poderia ser diferente num novo julgamento em outro estado, possivelmente menos conservador, dos EUA.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade