PUBLICIDADE

Filho negro do Príncipe de Mônaco não tem direito ao trono

O jovem Alexandre Grimaldi-Coste mantém boa relação com Albert II apesar da discriminação por ser ilegítimo

8 jan 2022 10h24
| atualizado em 13/1/2022 às 10h34
ver comentários
Publicidade
Alexandre entre o pai, Albert, e a avó paterna, Grace Kelly
Alexandre entre o pai, Albert, e a avó paterna, Grace Kelly
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

Imagine: o seu pai é o príncipe soberano de Mônaco, mas você não tem direito a um título de nobreza, tampouco a fazer parte da linha de sucessão ao trono.

Essa é a situação do francês Alexandre, de 18 anos. O Principado de Mônaco adota o método de sucessão que privilegia o sexo masculino e a primogenitura.

Alexandre é o primeiro filho homem de Albert II, porém, como nasceu de uma relação extraconjugal e sua mãe, a togolesa Nicole Coste, não se casou com o príncipe, ele foi considerado ilegítimo e excluído da linha de herdeiros do trono.

Alexandre veio ao mundo em um hospital de Paris e conquistou o reconhecimento de paternidade quando tinha 2 anos, após um teste de DNA. Teve incluído no documento o sobrenome Grimaldi, da dinastia reinante em Mônaco.

A filha mais velha do príncipe, a atriz americana Jazmin, de 29 anos, também é fruto de um romance rápido e igualmente não faz parte da família real monegasca.

Em dezembro de 2014, Albert se tornou pai dos gêmeos Jacques e Gabriella, nascidos do casamento dele com a sul-africana Charlene Wittstock, a princesa consorte de Mônaco. Seguindo a regra machista, o menino é o primeiro com direito ao trono.

Alexandre com a mãe, Nicole, e o pai, Albert II
Alexandre com a mãe, Nicole, e o pai, Albert II
Foto: Reprodução

Apesar de não ser príncipe, como os meios-irmãos mais novos, Alexandre recebe ajuda financeira da monarquia e participa de alguns eventos ao lado do pai.

A relação com a madrasta é apenas protocolar. Um episódio ocorrido em 2010, quando ele tinha 7 anos e passava férias em Mônaco, azedou a relação entre os dois.

Aproveitando a ausência momentânea de Albert, Charlene desinstalou o garoto de uma suíte na ala mais nobre do palácio e o transferiu para um quarto no corredor dos empregados. Ao ser informada, a mãe dele protestou e a princesa foi obrigada a se redimir.

Em agosto de 2021, ao completar a maioridade, Alexandre Coste-Grimaldi recebeu bastante atenção da imprensa europeia especializada em celebridades e casas reais.

O neto da lendária diva Grace Kelly, que abandonou Hollywood para ser princesa de Mônaco, se divide entre um apartamento em Paris e uma casa à beira-mar na cidade de Villefranche-sur-Mer, no sul da França. Ele tem direito a uma parte da fortuna de 1 bilhão de dólares (R$ 5,5 bilhões) de Albert II.

Curiosidade: existe um único príncipe negro entre as monarquias atuais da Europa. É Alfons, de 20 anos, do Principado de Liechtenstein, filho do príncipe Maximilian com a panamenha Angela Brown. Neto do atual príncipe soberano de Liechtenstein, Hans-Adam II, o rapaz ocupa o sexto lugar na linha de sucessão ao trono.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade