PUBLICIDADE

Robert Downey Jr. não voltará à Marvel, garante Kevin Feige

3 dez 2023 - 23h51
(atualizado em 4/12/2023 às 11h38)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Disney / Pipoca Moderna

O Homem de Ferro de Robert Downey Jr. não retornará ao MCU (Universo Cinematográfico Marvel). Quem garante é o chefão do Marvel Studios, Kevin Feige.

Em entrevista à revista Vanity Fair sobre a carreira de Downey, o presidente da Marvel Studios abordou os rumores de que todos os Vingadores originais retornariam de uma forma ou de outra em uma fase futura do MCU.

"Vamos manter esse momento e não tocá-lo novamente", disse Feige à publicação sobre o sacrifício de Tony Stark em "Vingadores: Ultimato". "Todos nós trabalhamos duro por muitos anos para chegar a isso, e nunca iríamos querer desfazer isso magicamente de forma alguma."

 

A escolha do intérprete do Homem de Ferro

Feige também contou como conseguiu convencer o antigo conselho da Marvel a escalar Downey como Tony Stark/Homem de Ferro. Mesmo com seu apoio e do diretor Jon Favreau, os executivos tentaram evitar que o ator fosse contratado para o papel.

"Tudo se deve ao fato de o conselho da Marvel estar nervoso em colocar todas as suas fichas e futuro cinematográfico em alguém que teve esses problemas legais no passado", disse Feige sobre as prisões de Downey. "Eu não era muito bom — e ainda não sou muito bom — em aceitar um não como resposta. Mas também não bato no peito para tentar conseguir o que quero. Tento descobrir maneiras de deixar claro para outras pessoas por que devemos seguir nessa direção. E foi aí que surgiu a ideia de um teste de tela."

Nesse ponto, Downey já havia sido indicado ao Oscar por "Chaplin" (1992) e deveria ter conseguido o papel sem fazer um teste, mas os executivos da Marvel precisavam ver por si mesmos que ele era a pessoa certa para o papel por todos os problemas do ator com drogas.

 

Líder legítimo dos Vingadores

Após sua escalação para "Homem de Ferro" (2008), Downey passou a trabalhar em equipe com seus colegas super-heróis e lutou por eles em vários momentos. À frente dos primeiros Vingadores, ele até usou suas negociações contratuais para conseguir salários mais altos para seus colegas de elenco.

"Costumávamos brincar e dizer que Robert era o chefe do departamento de atuação porque todos lá o admiravam", acrescentou Feige. "Ele colocou todos eles sob sua proteção, mas não de uma forma subserviente. Ele acabou por se tornar o líder de torcida deles."

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade