PUBLICIDADE

Essa teoria sombria de Procurando Nemo vai destruir sua infância

História da Pixar parece ser muito mais obscura do que uma simples aventura familiar.

25 fev 2024 - 13h55
Compartilhar
Exibir comentários

Quem já navega pela internet há muito tempo sabe que além de ser um espaço versátil para comunicação e conhecimento, também é uma ferramenta utilizada para coisas menos "úteis", mas completamente edificante como descobrir teorias bizarras sobre filmes, séries, livros e outros narrativas que pertencem à cultura pop.

Foto: Disney / Adoro Cinema

Recentemente, um influenciador do TikTok pegou um dos filmes mais icônicos da Disney e Pixar, Procurando Nemo, para apresentar uma popular hipótese sombria sobre os reais acontecimentos da trama.

Segundo @‌mndiaye_97, existe uma história macabra sobre a morte da mãe do pequeno peixe-palhaço. Para ele, a esposa de Marlin e os filhos não nascidos não morreram comidos por uma barracuda faminta - algo muito pior se desenrolou no passado.

A questão é que as barracudas não costumam comer peixes-palhaço - isso pode acontecer, mas elas não se sentem "atraídas" por um alvo tão pequeno ou por seus ovos. Pensando nisso, o influenciador coloca uma possibilidade terrível na mesa: e se a mãe de Nemo comeu seus próprios bebês? No reino animal, isso realmente acontece. No entanto, o peixe-palhaço normalmente só come seus próprios ovos quando não estão fertilizados.

Foto: Adoro Cinema

Pensando na possibilidade, vale também destacar que as fêmeas da espécie são maiores e mais fortes que os machos. E se, então, Marlin não conseguiu impedir a esposa canibalizar os próprios filhos…

Leia o artigo em AdoroCinema

Shrek: Teoria sugere que o Burro nasceu em animação clássica da Disney; entenda

A Pequena Sereia: Esta teoria sugere que o príncipe Eric nunca foi apaixonado por Ariel no filme da Disney

Gênio ficou devendo pedidos a Aladdin? Teoria dos fãs que analisa "negócios" da Disney faz muito sentido

Tarzan: Animação da Disney teria cena de abertura bem mais sangrenta do que você imagina

Adoro Cinema
Compartilhar
Publicidade
Publicidade